Alberto Valentim

Alberto Valentim é o novo técnico do Botafogo (Foto: Vitor Silva/SS Press/Botafogo)

Rafael Bortoloti
14/02/2018
15:29
Rio de Janeiro (RJ)

Com uma entrevista coletiva que durou mais de meia hora, Alberto Valentim foi apresentado como novo treinador do Botafogo, na tarde desta quarta-feira, no Nilton Santos. Substituto de Felipe Conceição, o comandante de 42 anos assinou contrato até dezembro de 2019 e parece muito motivado com aquele que ele chama de "o maior desafio da sua carreira". 

- Onde eu passo, aquele torna-se o maior desafio da minha carreira. No Botafogo, não seria diferente. Foi assim no Palmeiras (onde ele foi interino por cinco vezes, a última na reta final de 2017), no RB Brasil (comandou a equipe no último Paulistão) e no Atlético-PR, onde fui auxiliar. Também era assim nos meus tempos de jogador - comentou Valentim, que quebrou o protocolo e pediu para já vestir a camisa do Botafogo. A razão? 

- A camisa é bonita. Mas isso também só mostra o quanto estou motivado e empolgado em fazer um grande trabalho aqui. Espero que esse grupo dê a volta por cima - completou o novo treinador do Alvinegro. 

Curiosamente, Alberto foi apresentado no "Valentine's day", o dia dos namorados nos Estados Unidos. Ao ser perguntado se a relação dele com o Botafogo deixaria o torcedor alvinegro apaixonado pelo seu trabalho, o treinador respondeu: 

- Vamos conseguir se todos estivermos unidos. É necessário que o torcedor chegue junto e nos apoies, por mais que eles queiram as coisas para amanhã - finalizou o novo comandante.

Apesar das palavras assertivas, a apresentação de Alberto Valentim teve uma gafe. O presidente do Glorioso, Nelson Mufarrej, admitiu que Cuca era o preferido para assumir o posto deixado por Felipe Conceição.

- O Botafogo consultou o Cuca, entramos em contato com ele, mas, infelizmente, não vai poder vir. Até porque teríamos que mudar muito o nosso orçamento - admitiu o mandatário.