Luis Henrique em treino do Botafogo (Vitor Silva / SSPress)

Luis Henrique surgiu como grande revelação alvinegra, na temporada passada (Vitor Silva / SSPress)

Diego Lopes e Felippe Rocha
08/01/2016
07:30
Rio de Janeiro (RJ)

Apesar da desconfiança de parte da torcida, o elenco do Botafogo está praticamente montado para o Campeonato Carioca. O balde de água fria foi quando Henrique, que era esperado na segunda-feira, não se reapresentou e informou que está pedindo, na Justiça, a rescisão contratual. A partir de então, a busca por um centroavante se tornou obrigação na diretoria. Para o comando de ataque, neste início da temporada, somente Luis Henrique está garantido.

– Nós estamos procurando um centroavante, mas está bem difícil. Os outros setores estão praticamente resolvidos, talvez podemos buscar um lateral também. Mas queremos um cara de frente, que marque gols, artilheiro. Estamos empenhados em trazer esse jogador o quanto antes – afirmou o vice-presidente de futebol Cacá Azeredo, ao LANCE!.

Sassá, que atua tanto pelas pontas quanto dentro da área, seria outra opção. Porém, lesionado, só estará disponível para voltar ao time em abril. Destaque na Série B do ano passado, Navarro pediu aumento salarial superior ao que o Botafogo poderia pagar. Por isso, não teve o contrato renovado. Mas outra solução estrangeira não deve ocorrer em 2016.

– Estamos focados no mercado nacional, pois já contratamos muitos atletas sul-americanos. Estamos trabalhando, mas o mercado está difícil e ainda não achamos um jogador que se encaixe no perfil – admite o dirigente.

O Campeonato Estadual começa no fim do mês, mas a pré-temporada terá um período importante em Domingos Martins (ES), a partir da semana que vem. Quanto antes o acerto pelo novo centroavante for feito, melhor para a adaptação do jogador com a equipe. Mas o tiro precisa ser certeiro.