icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
27/08/2015
19:23

Alvos de duras críticas após a frustrante derrota para o Paysandu, sábado, no Estádio Nilton Santos, o meia Daniel Carvalho e o laretal-esquerdo Carleto vieram público desabafar. Ao falar sobre o assunto, o técnico Ricardo Gomes preferiu não polemizar e afirmou que o grupo precisa esquecer os comentários externos e se concentrar em ter um bom desempenho em campo.

- Eu acho que temos que separar bastante o nosso trabalho e o da imprensa. O trabalho da imprensa é elogiar e criticar. Cada um com sua filosofia. Mas eu sempre aconselho os jogadores e digo que análise do grupo é mais importante. O trabalho da imprensa é bom, mas até a página seis. Nós temos que esquecer essas críticas e jogar bola - afirmou o técnico alvinegro.

Apesar de não se sentir incomodado com as críticas, o comandante alvinegro afirmou que a equipe alvinegra também está sujeita a cometer erros.

- Só não vamos errar se não jogarmos. Tem muita gente disputando essas quatro vagas e brigar por elas sem errar é quase impossível - finalizou o treinador.

Na vice-liderança da Série B com 36 pontos, o Botafogo enfrenta o CRB, nesta sexta-feira, no Estádio Rei Pelé, em Maceió, e tem a chance de voltar à liderança da competição ao fim desta rodada.

Alvos de duras críticas após a frustrante derrota para o Paysandu, sábado, no Estádio Nilton Santos, o meia Daniel Carvalho e o laretal-esquerdo Carleto vieram público desabafar. Ao falar sobre o assunto, o técnico Ricardo Gomes preferiu não polemizar e afirmou que o grupo precisa esquecer os comentários externos e se concentrar em ter um bom desempenho em campo.

- Eu acho que temos que separar bastante o nosso trabalho e o da imprensa. O trabalho da imprensa é elogiar e criticar. Cada um com sua filosofia. Mas eu sempre aconselho os jogadores e digo que análise do grupo é mais importante. O trabalho da imprensa é bom, mas até a página seis. Nós temos que esquecer essas críticas e jogar bola - afirmou o técnico alvinegro.

Apesar de não se sentir incomodado com as críticas, o comandante alvinegro afirmou que a equipe alvinegra também está sujeita a cometer erros.

- Só não vamos errar se não jogarmos. Tem muita gente disputando essas quatro vagas e brigar por elas sem errar é quase impossível - finalizou o treinador.

Na vice-liderança da Série B com 36 pontos, o Botafogo enfrenta o CRB, nesta sexta-feira, no Estádio Rei Pelé, em Maceió, e tem a chance de voltar à liderança da competição ao fim desta rodada.