icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
19/08/2015
15:56

O atacante Tássio está de malas prontas para o Oriente Médio. Com uma proposta dos Emirados Árabes Unidos, o jogador viajará nos próximos dias para conhecer o clube, sua estrutura e resolver os últimos detalhes para poder sacramentar o negócio. Seu empresário, Daniel Rodrigues, conversou com o gerente de futebol do Botafogo, Antônio Lopes, que autorizou o atleta a negociar seu futuro.

- Conversei nesta terça com o Antônio Lopes e conseguimos a autorização para negociar o Tássio. O clube entendeu a situação e não criou problemas. A oportunidade é boa para o atleta e agora precisamos resolver os detalhes finais nos Emirados - afirmou.

Agradecido ao Botafogo pela oportunidade de jogar no clube, Tássio afirmou que seguirá torcendo pelos ex-companheiros.

- Só tenho a agradecer ao Botafogo pela oportunidade de jogar num clube de tanta tradição. Gostaria de ter tido mais oportunidades, mas são coisas do futebol. Vou seguir minha vida, torcendo de longe para este grupo recolocar o Botafogo na Série A, que é seu devido lugar - disse.

O atacante Tássio está de malas prontas para o Oriente Médio. Com uma proposta dos Emirados Árabes Unidos, o jogador viajará nos próximos dias para conhecer o clube, sua estrutura e resolver os últimos detalhes para poder sacramentar o negócio. Seu empresário, Daniel Rodrigues, conversou com o gerente de futebol do Botafogo, Antônio Lopes, que autorizou o atleta a negociar seu futuro.

- Conversei nesta terça com o Antônio Lopes e conseguimos a autorização para negociar o Tássio. O clube entendeu a situação e não criou problemas. A oportunidade é boa para o atleta e agora precisamos resolver os detalhes finais nos Emirados - afirmou.

Agradecido ao Botafogo pela oportunidade de jogar no clube, Tássio afirmou que seguirá torcendo pelos ex-companheiros.

- Só tenho a agradecer ao Botafogo pela oportunidade de jogar num clube de tanta tradição. Gostaria de ter tido mais oportunidades, mas são coisas do futebol. Vou seguir minha vida, torcendo de longe para este grupo recolocar o Botafogo na Série A, que é seu devido lugar - disse.