Torcida do Botafogo

Setor Leste está com ingresso custando R$ 15 para o jogo desta quarta-feira (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)

Vinícius Britto
12/10/2016
08:00
Rio de Janeiro (RJ)

Para fincar a bandeira no solo da Ilha e confirmar: minha briga é pela América. Com esse objetivo que o Glorioso encara a semana com decisões seguidas pelo Brasileiro – quarta e no domingo – na Arena Botafogo. Mas, como um aventureiro cauteloso, a intenção é de dar um passo de cada vez. Primeiro, o Internacional. Na noite desta quarta, o Alvinegro recebe o Colorado, às 21h45, contando com a força da equipe em seu estádio para vencer e chegar ao G6, que garante vaga na Copa Libertadores. O site do LANCE! transmite o jogo.

Em seis jogos no alçapão da Ilha do Governador na competição, o Botafogo venceu quatro deles. O aproveitamento no Brasileirão é de 72%. Adversários como o líder Palmeiras, além de concorrentes diretos de G6 como Grêmio, Fluminense e Corinthians, já levaram a pior na casa do Glorioso dentro do torneio. Mas o jogo desta quarta-feira reserva um novo panorama ao time.

Pela primeira vez o Alvinegro recebe um time da parte de baixo da tabela na sua casa. Contudo, neste feriado de 12 de outubro, o pensamento está longe de tratar a partida como mais fácil que tirar doce de criança.

– A presença do torcedor é sempre importante. Quarta é feriado e isso já é uma coisa boa. Depois de duas vitórias, espero sim que ele possa lotar a Arena e fazer dela um caldeirão para vencermos o Inter. Mas tem que respeitar. O Inter é time grande, de muita camisa – alerta Sassá, que volta ao time titular depois de ser banco no triunfo do final de semana, diante do Figueirense.

Apenas um ponto separa o Glorioso do Atlético-PR, primeiro time dentro da zona de Libertadores no momento. E essa proximidade ao G6 – em meio a uma sequência de jogos na Arena Botafogo – permite ao elenco sonhar alto. É o que destaca o lateral e camisa 4, Alemão, em entrevista coletiva no clube.

– Serão dois jogos importantes. Estamos somando muitos pontos em casa. Jogar na Arena, diante do torcedor... mas temos que pensar primeiro no Inter, um adversário de cada vez. Se conseguirmos essa duas vitórias, iremos dar dois passos importantes para chegar lá em cima – analisa o camisa 4 alvinegro.

Aliada no período de arrancada alvinegra no Brasileiro, a Arena da Ilha agora pode levar o Botafogo a outro patamar, antes inimaginável no início do torneio. Duas decisões por vir. Uma delas, nesta quarta-feira à noite, contra o Inter.

Expectativa de casa cheia. Jair convoca os torcedores
Apesar do apoio da torcida que comparece e do clima de caldeirão, a Arena da Ilha ainda não ficou completamente lotada nos jogos do Glorioso. Com uma capacidade de 15 mil presentes, os jogos contra Flamengo e Santos chegaram perto da marca de 12 mil torcedores. E a expectativa para o jogo da noite desta quarta é de que esse número seja ultrapassado pelos botafoguenses.

- Tenho certeza que essa vitória fora (Figueirense) traz a nossa torcida para esse jogo em casa. Lógico que jogando em casa com a torcida empurrando ajuda bastante. Aproveito para convocar toda a torcida para a nossa Arena, nossa casa, teremos um jogo dificílimo e ela vai ser o nosso 12º jogador. Vamos jogar juntos - convoca Jair Ventura, comandante do Botafogo nesta arrancada.

Até por isso, a diretoria alvinegra faz promoção de ingressos, com preços mais baixos, entre R$ 15 (Setor Norte e Leste) e R$ 25 (Oeste), ambos meia-entrada.