Ricardo Gomes - Botafogo x Cruzeiro

Ricardo Gomes chega a sua segunda derrota consecutiva pelo Glorioso (Adalberto Marques/AGIF)

LANCE!
02/06/2016
00:39
Rio de Janeiro (RJ)

Ricardo Gomes não negou o obviamente péssimo primeiro tempo do Botafogo contra o Cruzeiro, e foi duro com os jogadores do Botafogo já no intervalo da partida. Ao fim do duelo, ele também não escondeu a insatisfação com o que viu, mas acredita que o time melhorou bastante na segunda etapa. O treinador não tentou justificar o "apagão" com os desfalques.

- Foi um primeiro tempo irreconhecível. No segundo, o Botafogo que vocês estão acostumados a ver. Lógico que perdemos o Luis Ricardo e já estávamos sem Carli, Jefferson, Diogo Barbosa, Airton, Lindoso... 90% da nossa defesa. Mas mesmo assim, deveríamos ter feito um primeiro tempo muito melhor. Esse foi o meu discurso no intervalo. Troquei o Salgueiro pelo Leandrinho - explicou, antes de concluir, projetando o Glorioso mais adiante.


- A estratégia foi a mudança de comportamento. Falei que nunca mais queria ver esse primeiro tempo. A gente estava aceitando o jogo do Cruzeiro. Quando nos impomos, o Cruzeiro não criou nada. Jogaria eu como zagueiro, porque o Cruzeiro não criou nada. Não vejo nenhum problema agora (sobre a proximidade com a zona de rebaixamento. Daqui a 10 rodadas, acho que estaremos na parte de cima. Não tenho nenhuma dúvida: esse segundo tempo já foi muito melhor do que a vitória sobre o Atlético-PR - analisou.
O desafio de Ricardo Gomes não é fácil. O time volta de Brasília (DF) nesta quinta-feira, se reapresenta, treina também na sexta-feira e sábado, e terá, no domingo, duelo contra o Santos, no Pacaembu, em São Paulo (SP).