Ricardo Gomes

Trabalho do técnico tem sido valorizado por todos dentro do clube (Foto: Vitor Silva/Botafogo/SSPress)

Vinícius Britto
26/04/2016
09:15
Rio de Janeiro (RJ)

Desde que chegou ao Botafogo, no final de julho do ano passado, Ricardo Gomes teve que vencer o longo tempo afastado da profissão de técnico e, principalmente, a desconfiança de grande parte da torcida sobre seu trabalho. E agora, com 40 jogos completados pelo Alvinegro sob seu comando, é possível dizer que o técnico se consolidou de vez dentro do clube.

O aproveitamento do técnico no clube de General Severiano é muito bom. São 26 vitórias, sete empates e sete derrotas, com 59 gols a favor e 28 gols contra. Isso tudo em 40 jogos. Ou seja, Ricardo Gomes tem 71% de aproveitamento nesses quase nove meses - irá completar na quarta-feira - no Botafogo.

- É um cara experiente e que passa muita confiança - lembrou Ribamar.

No Carioca, o técnico pegou um Botafogo desacreditado e em reformulação com relação ao time do ano passado e transformou em finalista e reconhecido por um bom futebol e uma defesa sólida. Agora, o título seria a cereja do bolo para uma possível idolatria de muitos torcedores:

- Vendo a imprensa durante a semana, acho que todos davam o Fluminense como favorito. Ponto. Conseguimos. Agora vamos pensar no Vasco. Mas com bastante confiança. Um título seria muito bom para coroar o trabalho no Botafogo - admitiu o comandante alvinegro na coletiva em Volta Redonda.

Na final do Carioca, o comandante tem a possibilidade de conquistar a sua segunda taça desde que chegou ao Botafogo. Mesmo uma delas sendo a da Série B, os números impressionam. Em todas competições que comandou o Alvinegro, o saldo tem sido positivo. Assim como o Botafogo foi a chance de ouro para Ricardo Gomes retornar ao futebol, o técnico pode ser o grande nome nesta reconstrução do Glorioso dentro do cenário nacional.