União dos jogadores do Botafogo

Elenco superou todos problemas financeiros, assim como em 2003, e garantiu o acesso (Foto: Vitor Silva/ SS Press) 

Bernardo Coimbra e Vinícius Britto
10/11/2015
23:49
Rio de Janeiro (RJ)

O quadro após a derrota para o Santos, na última rodada do Campeonato Brasileiro de 2014, era caótico. Rebaixamento anunciado, clube afundado em dívidas e a maioria dos jogadores com saída definida no final do ano. Se alguém falasse que o Botafogo teria dado a volta por cima dá forma que deu, garantindo o acesso de forma antecipada e sobrando na Série B, ninguém acreditaria. O Glorioso conseguiu. Assim como em 2003, a equipe passou por cima de todos os obstáculos e voltou. Naquele ano, o Alvinegro lançou um documentário com os bastidores do acesso, intitulado 'O Resgate da Dignidade'. 

Na campanha do primeiro acesso, assim como a deste ano, um novo presidente assumia a dura missão de reestruturar o Alvinegro: Em 2003, Bebeto de Freitas pegou o time em meio ao caos, assim como Carlos Eduardo Pereira este ano.

Além disso, o clube vivia grave crise financeira. Com poucos recursos, o time foi montado pensando em subir para a Série A, sempre respeitando o teto salarial proposto no início do ano.

No primeiro acesso, somente dois times subiam para a Série A. Era uma competição mais complicada, com quadrangular final. Nesta era moderna da competição, com os pontos corridos, o Botafogo sobrou. Venceu os adversários diretos, esteve sempre no grupo de acesso e subiu de forma antecipada. Além disso, garante uma espinha dorsal para o time do ano que vem, com jogadores como Jefferson, Willian Arão e Navarro.

Na conjuntura encontrada pelo presidente, ele cumpriu com o primeiro objetivo de um longo caminho que terá pela frente na reestruturação de um dos maiores clubes do futebol brasileiro. Agora, o foco do Botafogo deve ser em assegurar o título do torneio.

O Glorioso volta para o lugar de onde nunca deveria ter saído. Que a Estrela Solitária continue brilhando, agora de volta à Série A.

Neilton em ação pelo Botafogo (Foto: Celso Pupo/Fotoarena)
Top 5: Os golaços do Botafogo no Niltão pela série B