LANCE!
20/12/2016
19:10
Rio de Janeiro (RJ)

Jair Ventura já era velho conhecido do Botafogo quando assumiu o posto de técnico. Jair, filho do Furacão da Copa de 1970, o saudoso Jairzinho, ídolo da torcida alvinegra, chegou no clube como preparador físico e foi promovido, se tornando técnico da equipe sub-20, treinador interino e auxiliar permanente no profissional.

O novo técnico assumiu com a missão de tirar o Botafogo da zona de rebaixamento. Na saída de Ricardo Gomes, o alvinegro ocupava a 17ª posição da tabela, com 20 pontos. Os torcedores já estavam perdendo as esperanças da permanência do clube na Série A, mas Jair conseguiu mudar a realidade. O técnico cumpriu o objetivo principal, que era tirar o Botafogo da zona de rebaixamento, e conseguiu, o que era impossível no início da temporada, levar o Botafogo à Libertadores.

Toda mudança ocorreu em quatro meses. Nada foi fácil. A vaga na Copa Libertadores 2017 veio apenas na última partida do Campeonato Brasileiro, quando o Botafogo venceu o Grêmio fora de casa por 1 a 0. Agora, no final do ano, o Corinthians tentou sondar o treinador, mas os botafoguenses podem respirar aliviados, porque o contrato de Jair Ventura foi renovado por mais dois anos.

Especialistas e craques que fizeram história no Botafogo disseram ao LANCE! analisaram o desempenho de Jair no Botafogo. Mendonça, ponta do clube alvinegro entre as décadas de 70 e 80, declarou que está feliz com o desempenho do técnico no clube e que com a renovação do contrato, as duas partes serão beneficiadas.

- Ele teve uma sorte muito grande, porque é um conhecedor da categoria de base. É um rapaz promissor e está tendo uma oportunidade muito grande pelo Botafogo. Ter terminado a competição como terminou, superando os obstáculos e chegando à Libertadores, está gerando reconhecimento pro Jair. Eu, particularmente, gosto muito dele. Acredito no potencial dele e a renovação foi benéfica para os dois (Botafogo e Jair Ventura). Ele mostrou excelente preparo e aquiriu a confiança dos jogadores e da diretoria do clube.

O jornalista João Carlos Assumpção acredita que a renovação é uma boa jogada, porque fez o Botafogo crescer e que a estabilidade de Jair Ventura no Botafogo pode fazer com que ele faça história como técnico do clube.

- Considero a renovação boa para as duas partes. Para o Botafogo, que vinha sendo mal comandado, a meu ver, pelo Ricardo Gomes, o trabalho de Jair Ventura foi um achado. Graças ao técnico, o time chegou à Pré-Libertadores. E acerta o clube em renovar o contrato.
Muitos acham que Jair Ventura deveria procurar outros ares e tentar a sorte num, clube como o Corinthians. Só que discordo. Ele poderia se queimar numa agremialção com tantos problemas polícos e tão rachada, caso do Corinthians.

- No Botafogo, Jair pode ter estabilidade para fazer um trabalho de médio até longo prazo. Já conhece todo mundo, sabe onde pisa, fez a escolha certa, enfim. Técnico não tem que ficar trocando de clube toda hora. Nem clube trocando de treinador dia sim, outro também. Então, dar continuidade ao trabalho no Botafogo pode fazer bem a Jair e também fará bem ao Botafogo, ou tem tudo para fazer. É mais ou menos o que vimos no Santos, com Dorival Júnior. Aposta que deu certo para as duas partes. Que aconteça o mesmo com Jair no Fogão!