RADAR / LANCE!
15/06/2016
09:35
Rio de Janeiro (RJ)

A baixa audiência do Botafogo em seu retorno à elite do Brasileirão fez a diretoria realizar uma promoção na última segunda-feira: os primeiros três mil torcedores que adquirirem bilhetes para a partida contra o América-MG, no Raulino de Oliveira, terão direito a outro bilhete gratuitamente. A decisão mostra-se bem arriscada, especialmente pelos números da equipe como mandante no futebol nacional.

O problema é que, nos dois jogos anteriores no estádio, o Alvinegro não conseguiu ganhar a adesão de sua torcida (a ponto de o empate em 1 a 1 com o Vitória, na sétima rodada, ostentar o pior público desta edição até o momento). Enquanto, em campo, está em último lugar no Brasileirão, a equipe coleciona decepções na arquibancada. O LANCE! enumera os públicos das partidas anteriores do Botafogo, que segue à espera da Arena.

BOTAFOGO 0x1 SÃO PAULO - Em "matinê" de domingo no Raulino de Oliveira, apenas 3.660 pagantes se dispuseram a acompanhar a estreia com derrota do Botafogo. A renda foi de  R$ 148.790,00.

BOTAFOGO 2x1 ATLÉTICO-PR - No meio de semana, o Alvinegro levou sua partida para o Estádio Jornalista Mário Helênio. Porém, em Juiz de Fora (MG), a média seguiu baixa:  4.384 pagantes, com renda de R$ 115.520,00.

BOTAFOGO 0x1 CRUZEIRO - Novamente mandando um jogo no meio de semana, o Botafogo levou seu jogo para o Mané Garrincha. Mas, apesar da grande disponibilidade de ingressos em Brasília (DF), 7.057 pagantes compareceram. Curiosamente, os números baixos ainda são os de maior público pagante e maior renda até o momento (R$ 467.030,00) da equipe.

BOTAFOGO 1x1 VITÓRIA - O retorno do Botafogo a Volta Redonda foi um fiasco de público. No empate em 1 a 1 com o Vitória cedido nos acréscimos, a equipe viu o menor número de torcedores nas arquibancadas, com míseros 1.203 pagantes, e uma renda de R$ 28.340,00