Mauricio Assumpção, ex-presidente do Botafogo

Ex-presidente está expulso do quadro social do clube (Foto: Cleber Mendes/Lancepress!)

LANCE!
02/08/2016
19:54
Rio de Janeiro (RJ)

Na noite desta terça-feira, O ex-presidente do Botafogo Mauricio Assumpção foi condenado e excluído do quadro social do clube. Foi por unanimidade que a Comissão Julgadora do Botafogo definiu sua exclusão do quadro social.

A denúncia foi montada por Domingos Fleury, vice jurídico do Alvinegro, e acatada pela comissão julgadora, que entendeu os argumentos apresentados pelo Departamento Jurídico do Botafogo, que apontou algumas irregularidades na gestão anterior, que durou desde 2009 até o final de 2014. 

Entre as acusações ao ex-mandatário alvinegro, estão as de improbidade administrativa, prejuízo ao patrimônio do clube, favorecimento a amigos e empréstimo sem destino especificado.

Mauricio Assumpção presidiu o Botafogo em dois mandatos. Durante o período, conquistou dois Campeonato Cariocas (2010 e 2013), além de alcançar a classificação para a Copa Libertadores, competição que o clube não disputava desde 1996. Contudo, o dirigente deixou o clube atolado em dívidas, com oito meses de salários atrasados de jogadores e funcionários.