Carlos Eduardo Pereira (Foto: Divulgação/Botafogo)

Presidente falou que diretoria segue atenta e mapeando o mercado (Foto: Divulgação/Botafogo)

LANCE!
13/04/2016
16:45
Rio de Janeiro (RJ)

Se dentro de campo o foco do Botafogo é no Campeonato Carioca, fora dele a diretoria trabalha em outras vias. As duas principais são em relação aos reforços prometidos para o Campeonato Brasileiro e na busca de um patrocinador master - coisa que o clube procura desde o ano passado.

Em relação ao primeiro tópico, o presidente Carlos Eduardo Pereira negou a possibilidade de grande investimentos por parte do Botafogo. Ele falou em trabalhar dentro dos limites e garantiu que a diretoria está mapeando o mercado brasileiro e sul-americano em busca de reforços para o Brasileiro:

- A diretoria do clube segue atenta, observando o mercado e fazendo o mapeamento. Agora, todos precisam entender que em momento algum a diretoria fez promessas mirabolantes de que grandes contratações e investimentos serão feitos. Nós vamos trabalhar dentro dos limites - disse o mandatário no programa "A voz do Presidente”, na Rádio Botafogo Oficial.

No programa, o presidente também falou sobre a busca por patrocínios - o master, principalmente - e parcerias. A Caixa Econômica Federal, muito especulada dentro do clube, foi citada. Ele admitiu o mercado restrito por conta da crise econômica do país e lembrou também da obtenção das CNDs (Certidão Negativa de Débitos) por parte do clube esse ano:

- Dentro de um mercado restrito a obtenção de novos patrocínios e parcerias, a única grande investidora no mercado de futebol é Caixa Econômica Federal. E a Caixa já encaminhamos todas as nossas informações. Temos o nosso CND, estamos disputando esse tipo de patrocínio e temos que atuar dentro da responsabilidade determinada pela lei do ProFut - completou.