icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
28/08/2015
19:23

A Prefeitura de Niterói discutiu nesta semana a possibilidade da volta do Caio Martins. As autoridades locais, inclusive o prefeito Rodrigo Neves, tiveram um encontro com representantes dos moradores do bairro Jardim Icaraí, lojistas da cidade e políticos. O grupo é favorável à volta do Botafogo ao estádio, desde que o clube apresente uma proposta concreta de melhorias no entorno da estrutura.

A população de Niterói e as autoridades locais estão preocupadas com o impacto no trânsito que pode ser causado pela volta dos jogos oficiais no estádio. 

A Câmara de Vereadores de Niterói fará nos próximos dias uma audiência pública para discutir o projeto da volta do estádio. O prefeito Rodrigo Neves vai dar uma resposta definitiva sobre esta possibilidade muito em breve. 

- Faremos um encaminhamento conclusivo nos próximos dias a partir das escutas dos moradores e empresários - disse.

No geral, a expectativa é muito boa, desde que o clube dê garantias de que não causará impactos negativos para a população local. Para isso, o Botafogo já se comprometeu a construir estacionamento para cerca de mil veículos atrás das arquibancadas. A expectativa é de que o Glorioso construa uma nova arena no Caio Martins, com capacidade para cerca de 18 mil pessoas.

O Botafogo decidiu voltar ao Caio Martins porque ficará sem o Estádio Nilton Santos ao fim desta temporada. A megaestrutura do Engenho de Dentro será entregue ao Comitê Olímpico Internacional (COI) ao fim da Série B.

A Prefeitura de Niterói discutiu nesta semana a possibilidade da volta do Caio Martins. As autoridades locais, inclusive o prefeito Rodrigo Neves, tiveram um encontro com representantes dos moradores do bairro Jardim Icaraí, lojistas da cidade e políticos. O grupo é favorável à volta do Botafogo ao estádio, desde que o clube apresente uma proposta concreta de melhorias no entorno da estrutura.

A população de Niterói e as autoridades locais estão preocupadas com o impacto no trânsito que pode ser causado pela volta dos jogos oficiais no estádio. 

A Câmara de Vereadores de Niterói fará nos próximos dias uma audiência pública para discutir o projeto da volta do estádio. O prefeito Rodrigo Neves vai dar uma resposta definitiva sobre esta possibilidade muito em breve. 

- Faremos um encaminhamento conclusivo nos próximos dias a partir das escutas dos moradores e empresários - disse.

No geral, a expectativa é muito boa, desde que o clube dê garantias de que não causará impactos negativos para a população local. Para isso, o Botafogo já se comprometeu a construir estacionamento para cerca de mil veículos atrás das arquibancadas. A expectativa é de que o Glorioso construa uma nova arena no Caio Martins, com capacidade para cerca de 18 mil pessoas.

O Botafogo decidiu voltar ao Caio Martins porque ficará sem o Estádio Nilton Santos ao fim desta temporada. A megaestrutura do Engenho de Dentro será entregue ao Comitê Olímpico Internacional (COI) ao fim da Série B.