Felippe Rocha
30/03/2017
21:37
Rio de Janeiro (RJ)

Foi numa partida de pouco apelo, como quase sempre em Los Larios, em Duque de Caxias, mas o Botafogo finalmente se impôs. Na noite desta quinta-feira, contra a Portuguesa, o Glorioso construiu uma goleada por 4 a 1. Bruno Silva (duas vezes), Roger e Gilson fizeram os gols que colocam o Alvinegro na zona de classificação para a semifinal da Taça Rio e da semifinal geral do Campeonato Carioca.

Logo aos três minutos, Camilo cobrou mal um escanteio, mas Belarmino desviou de canela. A bola se ofereceu para Bruno Silva empurrá-la, de cabeça, para o gol.

Aos nove, Joel tabelou com Roger e chutou errado. No minuto seguinte, o camaronês errou um passe no meio-campo. O resultado foi um chute de Romarinho, no contra-ataque, que Gatito Fernández espalmou, mas William Amandoim não perdoou: 1 a 1.

O ritmo sonolento e os erros de passe eram poucas vezes interrompidos. Allan, aos 17 minutos, fez o goleiro alvinegro trabalhar. Roger, aos 29, chutou para fora do alvo.

Nos minutos finais, o Glorioso voltou a exercer pressão na equipe da Ilha do Governador. E numa dessas investidas, Gilson arrancou e tocou para Bruno Silva marcar mais um. O chute forte, no canto direito do goleiro, aos 44 minutos, colocou o Alvinegro novamente em vantagem.

No segundo tempo, o Botafogo conseguiu ampliar a vantagem rapidamente. Aos oito minutos, Gilson acertou cruzamento na cabeça de Roger. O camisa 9 comprovou a boa fase e testou de maneira inapelável para Luciano: 3 a 1.

Mas o Glorioso não parou por aí. Com Montillo – que entrou após o intervalo – regendo a equipe, Fernandes e o próprio Roger tiveram chances. O argentino também tentava das suas. A Portuguesa estava praticamente neutralizada.

As substituições surtiram mais efeito do lado botafoguense do que na Lusinha. Aos 33, Marcinho aproveitou o espaço e cruzou para Montillo. Mas o goleiro Luciano fez boa defesa, evitando o primeiro do argentino pelo Alvinegro.

Luciano voltou a trabalhar aos 34, quando Renan Fonseca cabeceou na área depois de Guilherme cruzar. Mas o goleiro nada pôde fazer quando Gilson, sozinho, chutou muito forte.

Ainda deu tempo de Sassá, no último lance do jogo, chutar na trave e Camilo deixar o gramado com dores na coxa direita. De modo geral, vitória tranquila para o Fogão.

FICHA TÉCNICA
PORTUGUESA 1 X 4 BOTAFOGO


Local: Los Larios, em Duque de Caxias (RJ)
Data: 30 de março de 2017, quinta-feira
Horário: 19h30
Árbitro: João Batista de Arruda (RJ)
Assistentes: Carlos Henrique Filho (RJ) e Dibert Pedrosa (RJ)
Cartões amarelos: Maicon Assis, Renan Fonseca, Gilson, Airton e Bruno Silva.
Cartões vermelhos: -

GOLS: Bruno Silva, aos 3'/1ºT e aos 44'/1ºT; William Amendoim, aos 10'/1ºT; Roger, aos 8'/2ºT e Gilson, aos 35'/2ºT.

Portuguesa: Luciano, Belarmino (Adriano, Intervalo), Marcão, Rodrigo e Diego Maia; Marcio Pitbull (Fabiano Oliveira, 29'/2ºT), Muniz e Maicon Assis; Romarinho, William Amendoim (Silvano, 19'/2ºT) e Allan - Técnico: João Carlos Ângelo.

Botafogo: Gatito Fernández, Marcinho, Renan Fonseca, Emerson Silva e Gilson; Bruno Silva e Airton; Fernandes (Guilherme, 21'/2ºT), Camilo e Joel (Montillo, Intervalo); Roger (Sassá, 28'/2ºT) - Técnico: Jair Ventura.