Fernandes - Botafogo

Fernandes ditou o ritmo do time alvinegro contra o Boavista, em São Januário (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)

Felippe Rocha
08/03/2016
07:30
Rio de Janeiro (RJ)

Primeiro ou segundo volante? Meia? A posição de Fernandes no meio de campo é um mistério. Neste caso, é um mistério que faz muito bem para o Botafogo. O polivalente jogador iniciou o lance e fez o gol que garantiu a vitória da equipe sobre o Boavista, no domingo. Agora, a missão é convencer o técnico Ricardo Gomes de que merece uma vaga entre os titulares. Não importa qual a função a ser executada no gramado.

- Eu estou aqui para ajudar o time da forma que o professor Ricardo precisar e achar melhor. Já joguei em praticamente todas as posições do meio-campo e procuro me tornar, com muito trabalho no dia a dia, um atleta cada vez mais versátil. O futebol, atualmente, é muito dinâmico e você não pode ficar preso a uma característica ou posição apenas - explica Fernandes, em entrevista exclusiva ao LANCE!.

O gol da última rodada do Campeonato Carioca foi o primeiro do armador na temporada. Se, por um lado, pode não significar nada de relevante, pode ser o prenúncio de uma temporada e tanto. Isso porque, no ano passado, foram cinco gols em 34 partidas. Nesta segunda participação em jogos oficiais, em 2016, a veia goleadora já apareceu. E Fernandes explica a razão.

- Na base, por vezes eu atuava mais adiantado e sempre gostei de ter essa boa chegada. Meus treinadores sempre pediram para eu chegar na área, explorar o meu poder de finalização. Felizmente, tenho obtido sucesso, estou fazendo gols e acabo até arriscando mais. É importante ter essa virtude também – diz.

Neste domingo, ele atuou em equipe praticamente toda reserva, com atletas que também precisam ganhar ritmo, mas são importantes, como Neilton e Salgueiro. Mas Fernandes, de 21 anos, também quer ser fundamental para o Glorioso. Em 2015 ele tinha a confiança da comissão técnica, mas teve uma temporada irregular.

No time que vem sendo escalado, ele briga, em tese, como Rodrigo Lindoso para começar jogando. Mas Bruno Silva, Airton e até Gegê que se cuidem. No que depender da polivalência e da gana por gols, Fernandes está pedindo passagem na equipe.