Felippe Rocha
02/01/2017
08:00
Rio de Janeiro (RJ)

Poucas vezes - talvez nunca - o Botafogo disputou uma Copa São Paulo de juniores sob tanta expectativa. O time que estreia nesta terça-feira, contra o Alecrim, terá a missão de manter o bom desempenho recente das categorias de base alvinegras. Especialmente o time sub-20, campeão estadual, brasileiro e vice da Copa Ipiranga, em 2016.

Desde a Copa Ipiranga, último torneio de 2016, a equipe já não conta com destaques, que foram promovidos ou estourariam idade. São os casos do lateral-direito e meia Marcinho, do zagueiro Marcelo, dos volantes Matheus Fernandes (18 anos) e Bochecha; e dos atacantes Pachu e Renan Gorne. Mesmo sem eles, o Glorioso mostrou que segue forte.

A equipe, que está no grupo 3 (com sede em Rio Preto), não será comandada por Eduardo Barroca, que estará na Seleção Brasileira da categoria como auxiliar de Rogério Micale, na disputa do Sul-Americano. Fellipe Lucena, auxiliar de Barroca, segue à beira do campo, assim como na última competição.

Os destaques da equipe atual são o zagueiro Kanu, que fez um dos gols do título do Campeonato Brasileiro, sobre o Corinthians; o lateral-esquerdo Victor Lindenberg, que já treinou com a equipe profissional; os meias Alison e Jordan e o centroavante Igor Cássio. Esses tentarão levar o troféu da Copa São Paulo, pela primeira vez para General Severiano.


Tabela:
Botafogo x Alecrim - 3/1 - 21h (transmissão Rede Vida)
Botafogo x Sergipe - ​5/1 - 20h
Rio Preto x Botafogo - 7/1 - 15h (transmissão Sportv)