Botafogo x Corinthians

Neilton vem sendo importante opção ofensiva nesta temporada (Foto: Fernando Soutello/AGIF/Lancepress!)

Felippe Rocha
07/10/2016
06:00
Rio de Janeiro (RJ)

Não é novidade que Neilton vive o grande ano da carreira. Adaptado ao Botafogo, ele vive a temporada mais artilheira e chama atenção por finalmente se consolidar, aos 22 anos, após despontar como promessa do Santos. São 12 gols na temporada, oito no Campeonato Brasileiro, e participação em outros. Após lesões, ele ganhou exatos 4,65kg de massa, que fortaleceram os anteriores 57kg. De modo que ele passa a ser um dos principais alvos para a renovação de contrato ao fim desta temporada. Emprestado pelo Cruzeiro, o atacante é taxativo quanto ao desejo para 2017.

- Já deixei bem claro que meu desejo é permanecer, assim como no ano passado. Estou procurando fazer o meu papel, já deixei minha vontade com eles (empresário e clubes). Mas depende de outras coisas também em relação ao Cruzeiro e ao Botafogo - pondera.

O empresário do jogador, Hamilton Bernard, afirma tentar cumprir o desejo do representado. Ele crê em solução viável para as três partes. Cedido desde a metade de 2015, um novo empréstimo - para qualquer clube - é improvável, pois o vínculo do atleta com a equipe mineira vai até junho de 2018. Porém, uma antiga dívida da Raposa (da época da contratação junto ao Santos) com o camisa 7 alvinegro pode facilitar a manutenção do atleta no Rio.

- Recebemos propostas do Brasil e do exterior, bem superiores, inclusive. Mas o Neilton sempre diz que prioriza ficar. Então, se for do interesse do Botafogo, eu falei com eles que posso fazer essa intermediação - propõe o agente.

O planejamento do departamento de futebol do Botafogo para a próxima temporada deve estar traçado até o fim do mês que vem, quando a negociação deve avançar. Por ora, o Botafogo mantém cautela.

- Vai depender do Cruzeiro. Vamos esperar a sinalização deles, a quem o jogador pertence. Depende de eles informarem se o querem de volta, se querem emprestar ou vender - analisa Cacá Azeredo, vice de futebol do clube de General Severiano.

Enquanto espera por 2017, Neilton segue em destaque. Mais forte e mais resistente, ele quer mais sucesso.