Igor Siqueira
20/03/2016
20:24
Xerém (RJ)

Botafogo continua direitinho a cartilha para se dar bem no Carioca. Ainda que não seja com espetáculo, já que é um time em construção, o Alvinegro não deixa pontos pelo caminho quando enfrenta pequenos. E foi assim mais uma vez contra o Madureira: vitória por 1 a 0, em Los Lários, pela segunda rodada da Taça Guanabara, O Botafogo fica a dois pontos do Vasco, justamente o próximo adversário.

Na cartilha para derrotar clubes pequenos consta a necessidade de posse de bola e atenção nos contra-ataques. No primeiro tempo, por exemplo, o Madureira só teve uma brecha, em jogada pela esquerda. No mais, vida tranquila para Jefferson. Do outro lado, o Botafogo começou muito dinâmico, dominando o setor de meio-campo e explorando, principalmente o lado esquerdo, com Gegê e Salgueiro usando o setor. Ainda que as chances de gol não tenham sido muitas no primeiro tempo, foi uma atuação que agradou a torcida, obviamente porque a ida para o intervalo foi com o placar já em 1 a 0.


A vantagem do Botafogo veio em um lance que é contraindicado desde o “fraldinha”, época em que as crianças são ensinadas a jogar futebol. Meu avô já dizia: “Não atravesse uma bola em frente à defesa”; Foi esse o pecado capital de Ryan, que entregou o ouro a Gegê. A finalização foi defendida pelo goleiro do Madureira, que nada pôde fazer no rebote. O oportunista foi Bruno Silva, marcando pela primeira vez em sete jogos com a camisa alvinegra.

O Madureira voltou mais encorpado no segundo tempo, apertando a marcação. E isso causou um equilíbrio de posse de bola maior à partida. As chances de gol do Botafogo foram mais raras ainda do que no primeiro tempo. Na mais clara, o goleiro do Tricolor Suburbano brilhou, pegando à queima roupa um chute de bate-pronto de Ribamar. Ou seja, sem que o Alvinegro desse brecha na zaga e sem que o Madureira cometesse novos erros, o placar terminou mesmo no 1 a 0. Festa dos 996 pagantes.

Com o resultado, o Botafogo chegou a quatro pontos, ficando a dois do líder Vasco, que será justamente o próximo adversário do Alvinegro.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 1 X 0 MADUREIRA


Local: Los Larios, em Duque de Caxias (RJ)
Data/Hora: 20/3/2016, às 18h30
Árbitro: Leonardo Garcia Cavaleiro
Auxiliares: Dibert Pedrosa Moises e Wendel de Paiva Gouvêa
Público e renda: 996 pagantes / R$ 25.100,00
Cartões amarelos: Airton e Bruno Silva (BOT); Leozão, Leandro Chaves, Geovane Maranhão, Jorge Felipe, Daniel e Willian (MAD)
Cartões vermelhos: Não houve

Gols: Bruno Silva (33'/1ºT)

BOTAFOGO: Jefferson, Luís Ricardo (Octávio - 14'/1ºT), Carli, Emerson e Diogo Barbosa; Airton (Fernandes - 16'/2ºT), Bruno Silva, Rodrigo Lindoso e Gegê; Salgueiro (Neilton - 34'/2ºT) e Ribamar - Técnico: Ricardo Gomes

MADUREIRA: Rafael, Daniel, Leozão (Valdeir - 32'/1ºT), e Jorge Felipe; Formiga, Ryan, Willian, Leandro Chaves e Gerley (Resende - 27'/2ºT); Geovane Maranhão e João Carlos (Jefferson - 32'/2ºT) - Técnico: Alfredo Sampaio