Luis Ricardo e Ananias

Luis Ricardo, à direita, e Ananias, ao centro, comemoraram muitos gols na Portuguesa (Reprodução/Instagram)

LANCE!
30/11/2016
07:00
Rio de Janeiro (RJ)

Um dos momentos mais curiosos do futebol brasileiro nos últimos anos aconteceu quando a Portuguesa viveu grandes dias, em 2011 e, por isso, foi apelidada de "Barcelusa". Naquele time, que é, talvez, a última grande lembrança do torcedor da equipe paulista, estavam um jogador do atual elenco do Botafogo e outro da Chapecoense, uma das vítimas fatais do acidente da madrugada da última terça-feira: são eles Luis Ricardo e Ananias.

Weverton, hoje no Atlético-PR, e campeão olímpico, era outro integrante daquela equipe, que apelidou alguns jogadores com referências aos craques da equipe catalã: Edno era "Lionedno", e o próprio Ananias era "Ananiesta". Luis Ricardo era o lateral-direito que ficaria por quatro anos naquele time. Por isso o jogador do Glorioso prestou homenagem ao recém-falecido ex-companheiro.

- Kempes e Ananias, a quem tive a chance e oportunidade de me concentrar e estarmos juntos fora do campo. Também perdi um grande amigo e irmão, espero que Deus ajude a amenizar a dor da sua esposa e seu filho. Ao clube Chapecoense, meus sentimentos por cada um, que Deus conforte o coração de cada familiar. Foi um grande prazer ter jogado com você. #SomostodosChape - Luis Ricardo publicou no Instagram.

Atualmente, o lateral alvinegro se recupera de lesão. Com Ananias, foram duas temporadas de muito mais momentos positivos do que negativas.

Quem também tem história com vítima do acidente aéreo é o volante Bruno Silva. Este, porém, teve duas temporadas na Chapecoense e perdeu, assim como Camilo, cerca de 15 amigos, entre jogadores, membros da comissão técnica e dirigentes.