Luis Ricardo - Botafogo

(Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)

LANCE!
22/09/2016
15:50
Rio de Janeiro(RJ)

Em entrevista ao programa Momento Esportivo, da Super Rádio Brasil desta quarta-feira, o lateral  do Botafogo Luís Ricardo comentou sobre o seu processo de recuperação após operar o tornozelo esquerdo.

 -Minha recuperação está muito boa.  Ainda não(comecei a fisioterapia) pois ainda estou com os pontos da cirurgia. O médico fala para eu ter paciência, não atropelar os momentos,a té porque foi uma lesão séria.  Acho que nesta semana seguinte já vou começar a fisioterapia. Vamos ver- afirmou o ala direito que se machucou no jogo contra o Grêmio, na tarde do dia 04 de setembro. Ele foi operado na noite do mesmo dia e só volta aos gramados em 2017. 

 -Não coloquei os pés no chão ainda. Estou andando de muleta, com bota, as vezes até na cadeira de rodas. Quando eu senti a lesão dentro de campo, na hora percebi que ia perder meu ano. Pensei: 'caramba, perdi meu ano', mas ao mesmo tempo imaginei que nada acontece sem a permissão de Deus- completou. 

Luís Ricardo saiu de jogo ao 36 minutos do segundo tempo. Em seu lugar entrou Emerson Silva. Na partida seguinte, três dias depois, contra o Fluminense, o jovem Diego. Luís Ricardo garantiu que a torcida alvinegra não precisa se sentir inseguro quando eles voltarem a ser acionados. 

 -Acho que( a entrada do Emerson contra o Fluminense) foi algo imaginado pelo Jair. Fechar a casinha, para sair no contra-ataque. Ele já tinha jogado de lateral algumas vezes, que eu vi. Sei que não é a praia dele, tá improvisado, mas, está fazendo muito bem. Já o Diego é um moleque que tem um potencial muito alto. Mas, talvez, esteja sendo preservado pelo Jair por alguma razão-disse. 

Ele também comentou sobre o que espera do Bota até o restante da temporada e mostrou-se confiante com a conquista de uma vaga no G4 no Brasileirão. Atualmente, o alvinegro está 9°, com 38 pontos. O Santos, quarto colocado, soma 45. 

 -Eu, como agora torcedor, estou confiando muito. E espero que quando eu voltar, possa participar de uma Libertadores- disse. 

Confira outros tópicos da entrevista 


Acompanhar de fora, pela televisão 
 
É muito ruim porque você sabia que estava ajudando de alguma forma, mas infelizmente aconteceu esta lesão. Mas fico feliz pelas pessoas que têm entrado.  

Chegada de Alemão 

O Alemão vem para fortalecer, somar ao nosso time. A gente espera que ele tenha êxito aqui no Botafogo e que possa crescer junto com o nosso time, como tem acontecido.

Gramado da Ilha 

Sabemos que não é um gramado muito bom para nós, mas é muito pior para o adversário. Mas é um campo que tem nos ajudado bastante, tem trazido vitórias para gente. Acho que ele não influenciou em minha lesão, não. Ela aconteceu porque tinha que acontecer de qualquer jeito.