PORTUGUESA-RJ X BOTAFOGO

Comandante elogiou a atuação - e dois gols - de Bruno Silva em Los Larios (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)

LANCE!
30/03/2017
22:53
Rio de Janeiro (RJ)

Com dois gols e chegada constante ao ataque alvinegro, Bruno Silva foi um dos melhores em campo na goleada contra a Portuguesa-RJ, em Los Larios. Se a equipe conta com Camilo e Montillo - este último entrou no segundo tempo de ontem - foi um volante que roubou a cena nas ações ofensivas alvinegras. E o técnico Jair Ventura, na coletiva depois do jogo, lembrou da importância de chegada do jogador de trás na área. Para isso, ele chegou a dar como exemplo as atuações de Paulinho, nos dois últimos jogos, pela Seleção Brasileira de Tite.

– Muito se fala da carência do camisa 10 no futebol. Mas isso é muito por conta dos volantes, que chegam muito na área. Falaram do Paulinho, que foi muito bem pela Seleção. Aqui, nós temos o Bruno, que já fez muitos gols no ano passado. É uma situação nova no futebol, os volantes, o camisa 8, conhecido como médio, ter maior liberdade – disse o comandante, que lembrou do esquema utilizado por ele no ano passado, com três volantes da equipe:

– Os três volantes, por exemplo, não ficam tão defensivo necessariamente, como nós jogávamos no ano passado – concluiu Jair Ventura.

Em 2016, Bruno Silva marcou cinco gols, sendo o último deles o que garantiu a classificação do Botafogo para a Libertadores, contra o Grêmio, pela última rodada do Brasileiro. E o volante lembra da sua característica ofensiva:

– É comum para mim. Já fiz antes, no ano passado mesmo eu acabei marcando alguns. Busco finalizar muito de fora da área, me dedico muito nos treinos e o mérito é de todo o grupo – disse Bruno Silva, que agora soma sete gols desde que chegou ao Botafogo, no começo do ano passado.