Sidão - Botafogo

Sidão concedendo entrevista coletiva na saída da Arena Botafogo (Foto: Divulgação)

LANCE!
13/10/2016
08:30
Rio de Janeiro (RJ)

Com a melhor defesa do segundo turno do Brasileirão - foram apenas três gols sofridos em 11 jogos disputados - Sidão é um dos grandes responsáveis pelo crescimento do Botafogo na competição. Com o objetivo inicial de 47 pontos já alcançado, o goleiro vê o time preparado para sonhar mais alto. Dentro do G6, o objetivo é claro: de conseguir uma classificação para a Copa Libertadores.

- O time está tão encaixado que a bola começou a chegar pouco pra mim. Acho que é a hora de mudar o discurso sim, mantendo os pés no chão. Desde o princípio, nosso time era visto como um possível rebaixado. Agora é mudar o discurso para se manter no G6 e conseguir chegar na Libertadores. Continuar fazendo nosso trabalho, no sacrifício e garantir essas vitórias até o fim do campeonato. Depois a gente seca alguém. Primeiro é fazer nosso papel - disse.

Contra o Internacional, o arqueiro botafoguense foi decisivo e defendeu chute de Vitinho cara-a-cara no meio do segundo tempo, quando o 0 a 0 persistia no placar da Arena. E Sidão comentou sobre a importante intervenção no jogo.

- O Vitinho foi o cara que mais deu trabalho na defesa, joga muita bola mesmo o menino, merece aplausos. Quando ele foi pro mano a mano, jogou pra perna esquerda, achei que ia bater. Fez o corte e bateu bem, mas eu consegui fazer a defesa. Talvez quem desse o primeiro golpe sairia vitorioso, e eu pude praticar a defesa e conseguimos a vitória - comemorou o camisa 1 do Glorioso.