Botafogo x Vasco

Momento em que o árbitro mostra o vermelho a Sassá (Foto: Alex Carvalho/AGIF/LANCE!Press)

LANCE!
01/05/2016
18:15
Rio de Janeiro (RJ)

O que dá para fazer em cinco minutos? Para muitos, quase nada. Mas esta foi a duração do Campeonato Carioca para Sassá.

No já carente elenco do Botafogo, que não tem dinheiro para esbanjar e precisa apostar muito nas pratas da casa, a recuperação dele foi um acréscimo visto como importante, mas o meia alvinegro pecou pelo excesso e acabou tendo uma passagem relâmpago pelo gramado do Maracanã.

Inscrito às pressas no Carioca, na quarta-feira, substituindo o zagueiro Emerson, que se machucou, Sassá entrou aos 19 minutos do segundo tempo contra o Vasco, no lugar de Leandrinho, mas foi expulso logo aos 24 minutos.

Um carrinho perigoso, mas que, pela imagem, não teve a maldade, mas sim um ato estabanado que acabou atingindo Jorge Henrique. O árbitro nem pensou duas vezes e mandou o meia para o chuveiro mais cedo.

- Sassá teve cinco meses parado. Ele não foi para quebrar ninguém. Acho que o árbitro deveria ter uma leitura da ansiesidade do Sassá - ponderou o técnico Ricardo Gomes.

Com a expulsão, Sassá fica fora automaticamente da final do próximo domingo, novamente no Maracanã, e terminou de forma melancólica a participação no Carioca. Em cinco minutos.