Apresentação de Salgueiro no Botafogo (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)

O uruguaio Juan Salgueiro foi apresentado no Glorioso com muito bom humor (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)

Felippe Rocha
05/03/2016
08:00
Rio de Janeiro (RJ)

É neste domingo. Salgueiro vai fazer a primeira partida como titular do Botafogo. Contra o Boavista, em São Januário, o meia-atacante uruguaio terá a grande chance de mostrar que é o camisa 10, o articulador que o Glorioso tanto sente falta, apesar da ótima campanha na primeira fase do Campeonato Carioca. O técnico Ricardo Gomes deposita as fichas nele.

- Sim, sim. Veio para isso - resumiu o treinador ao LANCE!.

O técnico Ricardo Gomes vai aproveitar que o Glorioso já está classificado para a segunda fase do Estadual para promover alguns testes. Há atletas que não vêm tendo chance ou que precisam de ritmo e vão começar atuando. Dentre os principais, além de Salgueiro, está Neilton, que elogia o companheiro. Ele espera bons passes.

- O Salgueiro é um jogador muito bom, pensa muito rápido. Eu me entrosei rapidamente com ele. Gosto desta caraterística que ele tem, como meia: pensa rápida, gosta de fazer "um-dois" - analisa.

Já o capitão Jefferson prefere adotar a cautela, apesar de reconhecer: o uruguaio será importante para o desempenho do Glorioso no decorrer do ano.

- É muito cedo. Mas o Salgueiro é experiente. É difícil dizer ainda se ele pode ser o salvador. Agora, com certeza ele vai ajudar muito. Passo a passo, quando se adaptar, adquirir o melhor condicionamento físico... Ele mesmo vai responder isso em campo - garante o goleiro.

Mas se falta atuar mais, começar jogando é a melhor condição. Assim será e a torcida acredita em um salto de qualidade com ele.