Ricardo Gomes

Técnico concedeu coletiva nesta sexta-feira em General Severiano (Foto: Vitor Silva/Botafogo/SSPress)

LANCE!
15/04/2016
15:54
Rio de Janeiro (RJ)

Um dos grande destaques do Botafogo neste Carioca, o zagueiro Emerson vai para o seu quinto jogo fora de combate. O defensor não está mais lesionado. Contudo, ainda sente um leve incomodo na coxa direita e o técnico Ricardo Gomes preferiu não relacionar o atleta para o jogo de domingo, em Bacaxá. Desta forma, Emerson Silva permanece como titular ao lado de Renan Fonseca. Carli, suspenso, é outro que está fora e desfalca a equipe.

- Pensei que no último jogo conseguiria jogar, mas num dos movimentos ele não sentiu, mas sentiu coisa estranha. A gente não quer saber nada de estranho. Quer ter a certeza, ele ficou na dúvida, então esperamos para semifinal. Não é lesão, mas não posso correr risco de queimar uma substituição - ponderou o comandante alvinegro.

Mesmo classificado, o treinador não irá mesclar a equipe e dar oportunidades a jogadores encostados na partida contra o Boavista, como é o caso do boliviano Lizio e do argentino Gervásio Nuñez. O técnico justificou sua escolha em não utilizar os dois gringos e lembrou de outro argentino que demorou a se adaptar em sua primeira passagem pelo futebol brasileiro: Darío Conca.

- (Lizio e Yaca) Não entenderam o jogo em relação à adaptação e perderam espaço. Mas são bons jogadores. Para o Carli, é mais fácil se adaptar, por ser zagueiro. Tem o caso do Conca, que, quando chegou ao Vasco, demorou. É assim mesmo, tem as exceções. Demoram dois, três meses. Já vi seis. São bons jogadores, vão ser aproveitados, mas ainda não será nesse campeonato.