Felippe Rocha
24/02/2016
23:44
Cariacica (ES)

Foi a sexta vitória seguida. Talvez não tenha sido a atuação brilhante, daquelas para convencer, como o torcedor gostaria. Mas o importante é que o Botafogo mostrou organização e, com oportunismo, superou o Fluminense no Estádio Kléber Andrade, em Cariacica (ES). Na noite desta quarta-feira, Gegê e Ribamar, no primeiro tempo, fizeram os gols do triunfo do Glorioso, que se classificou para a segunda fase do Carioca.

Os times alternaram sustos às defesas rivais quando o cronômetro ainda não marcava cinco minutos. Mas o Botafogo foi implacável quando chegou ao gol de Diego Cavalieri. Aos seis minutos, Diogo Barbosa cruzou e Gegê testou no contrapé do goleiro tricolor. O time de Eduardo Baptista, então, se desorganizou. Continuou tentando pressionar, mas sem o mesmo equilíbrio.

Aos 17 minutos, Gustavo Scarpa cruzou a bola na área e, após bate-rebate, Osvaldo ficou com a sobra fora da área. O chute foi, por muito pouco, à direita de Jefferson. E como quem não faz, leva, o time de Ricardo Gomes não perdoou. Aos 23 minutos, foi a vez de Luis Ricardo avançar e cruzar para Ribamar. O centroavante de 18 anos mostrou oportunismo para marcar o primeiro gol dele como profissional.

Mesmo aos trancos e barrancos, o Tricolor tentou continuar ameaçando. Cícero e Scarpa tentaram, mas em vão.

O Fluminense já voltou do intervalo com duas alterações feitas, mas não melhorou o suficiente para o goleiro Jefferson precisar trabalhar. Diego Souza e Fred não se entendiam. Erravam entre o momento de passar um para o outro e chutar para o gol. O argentino Carli era soberano na marcação ao capitão da equipe das Laranjeiras.

O centroavante tricolor desperdiçou boa chance, chutando mal de esquerda, aos 30 minutos. Aos 43, Diego Souza isolou cobrança de falta da entrada da área. Embora praticamente não tenha ameaçado Cavalieri na segunda etapa, administrou o resultado com qualidade.

FICHA TÉCNICA:
BOTAFOGO 2 X 0 FLUMINENSE


Local: Kléber Andrade, em Cariacica (ES)
Data/Hora: 24/2/2016, às 21h45
Árbitro: Grazianni Maciel Rocha (RJ)
Auxiliares: Luiz Claudio Regazone (RJ) e Diogo Carvalho Silva (RJ)
Cartões amarelos: Carli, Bruno Silva, Ribamar, Pierre e Gerson.
Cartões vermelhos:
Público e renda: 11.338 pagantes/ R$ 591.720,00
Gol: Gegê, aos 6'/1ºT e Ribamar, aos 23'/1ºT

BOTAFOGO: Jefferson, Luis Ricardo, Carli, Emerson e Diogo Barbosa; Airton, Bruno Silva e Rodrigo Lindoso; Ribamar e Gegê (Salgueiro, 31'/2ºT); Luis Henrique (Neilton, 21'/2ºT) - Técnico: Ricardo Gomes.

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Wellignton Silva, Henrique, Renato Chaves e Gustavo Scarpa; Pierre (Edson, 20'/2ºT), Douglas (Gerson, 35'/1ºT), Cícero e Diego Souza; Osvaldo (Felipe Amorim, intervalo) e Fred - Técnico: Eduardo Baptista.