Botafogo x Figueirense

Nível técnico da partida em Juiz de Fora (MG) não foi dos melhores (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)

Felippe Rocha
22/06/2016
23:00
Juiz de Fora (MG)

O Botafogo pressionou, pressionou, pressionou, chutou, cabeceou e até foi ameaçado. Mas ninguém podia fazer gol na noite desta quarta-feira, no Estádio Mário Helênio, em Juiz de Fora (MG). O Glorioso e o Figueirense ficaram no 0 a 0. Pior para o time carioca, que vai a nove pontos e tem o Internacional como rival na próxima rodada.

Logo aos sete minutos, Bady teve uma chance de frente para Sidão, mas o goleiro levou a melhor. Dez minutos depois, Luis Ricardo, do Glorioso, deu fim a um bate-rebate com uma finalização também nas mãos do goleiro. Na sequência, porém, Dudu passou como quis pelo zagueiro Emerson Silva e chutou para fora.

Parecia que o jogo ficaria bom, mas as jogadas que viriam não retratariam com fidelidade o nível técnico ruim do duelo: aos 26 minutos, Nuñez chutou por cima de Gatito Fernandez; aos 31, Luis Ricardo deu passe açucarado para Bruno Silva. Quase na pequena área, o volante desperdiçou grande oportunidade para o Botafogo.

Aos 33 e aos 36 minutos, foi o Figueira quem perdeu chances claras. Gustavo Ermel aproveitou vacilo da defesa e obrigou Sidão a se redimir, na primeira. Na segunda, Bady lançou Dudu. Em velocidade, o atacante chutou para fora.

No segundo tempo, a primeira boa chance do time catarinense foi de Ayrton, aos nove minutos. Fora isso, uma avalanche de oportunidades do time de General Severiano. Emerson Silva teve uma chance com um minuto e, aos 18, Marquinhos Pedroso precisou salvar em cima da linha.

O tempo foi passando e o drama botafoguense aumentando. Neilton e Octavio fizeram boa jogada, aos 20 minutos, mas a finalização foi em cima do goleiro. Renan Fonseca cabeceou para fora, aos 27. Luis Henrique deu passe de letra para Fernandes, que chutou em Gatito Fernandes.

Luis Henrique ainda teve outra chance, mas mandou por cima. Fernandes, de cabeça, também não conseguiu tirar o zero do placar. Do outro lado, aos 46, após rebote de Sidão, Everton Santos isolou.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 0 X 0 FIGUEIRENSE

Estádio: Mário Helênio, em Juiz de Fora (MG)
Data/hora: 22/6/2016 - 21h
Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira (MG)
Auxiliares: Pablo Almeida da Costa (MG) e Marconi Helbert Vieira (MG).
Renda/público: 2.797 pagantes/R$ 71.040,00
Cartões amarelos: Ferrugem
Cartão vermelho:

GOL: -

Botafogo: Sidão, Luis Ricardo, Renan Fonseca, Emerson Silva e Diogo Barbosa; Bruno Silva, Airton (Octavio, 15'/2ºT), Fernandes e Nuñez (Ribamar, 38'/2ºT); Neilton e Anderson Aquino (Luis Henrique, 13'/2ºT) - Técnico: Ricardo Gomes.

Figueirense: Gatito Fernandez, Ayrton, Marquinhos, Bruno Alves e Marquinhos Pedroso; Ferrugem (Jocinei, 21'/2ºT), Jackson Caucaia e Bady; Gustavo Ermel (Everton Santos, 9'/2ºT), Lins (Guilherme Queiroz, 35'/2ºT) e Dudu - Técnico: Vinícius Eutrópio.