Arena Botafogo

Torcida do Botafogo esgotou cerca de oito mil ingressos até esta sexta-feira (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)

Felippe Rocha
26/11/2016
08:00
Rio de Janeiro (RJ)

É uma chance de ouro. Antes do Grêmio, fora de casa, o Botafogo chega para seu penúltimo jogo no Campeonato Brasileiro com a faca e o queijo na mão para se garantir no G6 ou encaminhar a vaga Libertadores. Isso porque, em São Paulo (SP), Corinthians e Atlético-PR se enfrentarem. Além disso, o Glorioso joga em casa, com o apoio da torcida na despedida da Arena e contra uma Ponte Preta sem grandes aspirações. O duelo é neste sábado, às 20 horas e terá transmissão em tempo real no site do LANCE!.

- Futebol não tem segredo. Tem coisas que não precisam ser ditas. Queremos muito. Vemos nos olhos dos atletas o foco pela importância da partida. Não tem como fugir disso. O Botafogo é uma grande equipe. Fico muito feliz de estarmos brigando aqui. Time grande não pode brigar lá embaixo. Queremos dar este presente para a torcida. Vamos dar a vida - garante Jair Ventura.

O treinador lembra, porém, o problema de encarar um time sem tantas responsabilidades na competição.

- É verdade, assim como foi contra o América-MG. Mas também não querem perder. Isso dificulta porque a equipe não sai para jogar. É difícil. Eles vão jogar no nosso erro. O Botafogo tem que propor o jogo e vai correr riscos. Sabemos da dificuldade. Costumo passar bastante para os atletas como está o nosso rival. Isso muda a nossa semana. Seria diferente de pegarmos o Vitória, por exemplo - analisa.