Botafogo

Novidades do Botafogo para 2017 foram anunciadas em evento na última quinta-feira (Divulgação/Twitter)

LANCE!
17/12/2016
15:29
Rio de Janeiro (RJ)

Dentre as novidades apresentadas pela diretoria do Botafogo para o Estádio Nilton Santos e o para o plano sócio-torcedor de 2017, uma das que mais animou a torcida foi a possibilidade de dar nome a uma cadeira do estádio. Por R$ 50, qualquer torcedor, sócio-torcedor ou não, pode customizar um assento. Nas primeiras 24 horas, o clube recebe dois mil pedidos de nomeação.

Chegou a haver certa confusão sobre o tema, pois as cadeiras, apesar de nomeadas, não passam a ser propriedade do torcedor. Os dirigentes alvinegros pregam, com a iniciativa, a participação da torcida, mesmo sem estar sempre presente nos jogos.

O Engenhão vai voltar a ser utilizado pelo Botafogo em 2017 e ganhará nova cara: pintura das cadeiras nas cores do clube; um setor (Norte) sem assentos e mais barato, portanto; a unificação dos setores Sul e Leste, formando o Sudeste; e há pacotes anuais que variam de R$ 200 a R$ 1.200.

Estes mais baratos são o do Setor Norte. Os de valor mais elevado são para os camarotes. O tempo estimado de entrega das inovações é até a estreia da equipe no Campeonato Carioca. O investimento é de R$ 800 mil e o clube aguarda retorno total de, pelo menos, R$ 11 milhões.