Chapecoense x Botafogo

O Botafogo perdeu para a Chapecoense por 2 a 1 na Arena Condá (Foto: Divulgação/Flickr)

LANCE!
26/07/2016
20:04
Rio de Janeiro (RJ)

O Botafogo sofreu 11 gols nas últimas cinco rodadas e já soma 26 ao longo do Campeonato Brasileiro. Primeiro time na zona de rebaixamento, o Alvinegro busca voltar a acertar a defesa, que já foi um dos setores mais confiáveis do time.

O último vacilo foi domingo. Menos de dois minutos após obter o empate diante da Chapecoense, a saída de bola errada resultou em gol do time adversário. Além disso, os três gols marcados pelo Flamengo na partida anterior saíram de falhas dos próprios jogadores do Glorioso.

- A defesa do Botafogo está mal não é de hoje. No Campeonato Carioca, o nível dos adversários era muito mais fraco, então o sistema dava conta. No Campeonato Brasileiro, a mínima força ofensiva tem causado estragos por uma diferença de nível, apenas. Quando o ataque adversário foi muito forte, como o do Atlético-MG, o time levou cinco gols. Contra equipes menos potentes, como Figueirense e Sport, o sofrimento foi bem inferior - analisou Felippe Rocha, repórter do LANCE!.

Felippe apresentou as possibilidades para minimizar os erros e ainda ressaltou que a volta dos desfalques pode ajudar na recuperação da equipe.

- A organização da retaguarda alvinegra simplesmente não está suportando virtudes adversárias. O desafio é fazer, finalmente, o coletivo superar as dificuldades impostas pelas individualidades dos rivais. Desfalques prejudicaram em determinados momentos, é verdade. Cada um que desfalcou (Jefferson, Luis Ricardo, Carli, Emerson, Diogo Barbosa e Airton) foi substituído por alguém que esteve envolvido em lance de gol sofrido. A tendência é que, no segundo turno, sem tantos problemas físicos os erros individuais, tão evidenciados nos últimos jogos, sejam minimizados - completou.