santa cruz x botafogo

Discretamente, o Botafogo chegou ao quinto lugar do Campeonato Brasileiro (foto: Aldo Carneiro)

Felippe Rocha
25/10/2016
08:00
Rio de Janeiro (RJ)

Depois que o Botafogo saiu da zona do rebaixamento e arrancou para a quinta posição no Campeonato Brasileiro, o momento é de estabilidade na tabela. Com 53 pontos, a equipe está cinco atrás do Santos, 4º colocado, e com quatro de vantagem sobre o Corinthians, 6º.

Não é das coisas mais fáceis subir posições. O discurso dos atletas não estabelece meta. Na semana passada, Dudu Cearense já havia dito que "o céu é o limite."

- Nós trabalhamos com a hipótese de colocar o Botafogo no lugar mais alto possível. Estamos até trabalhando pensando em sermos terceiro, segundo... Sabemos que a primeira posição é difícil, então queremos ir o mais alto possível - explica Rodrigo Pimpão, autor de dois gols nos dois últimos jogos.

O zagueiro Emerson garante que, faltando seis jogos para o fim da temporada, não há um número de pontos estabelecido pela comissão técnica. Seja para a equipe obter vaga direta na fase de grupos da Libertadores, seja para se garantir nos estágios eliminatórios do torneio.

- Nós conversamos, sim, sobre ir à Libertadores. Nosso objetivo é levar o Botafogo ao lugar mais alto possível. Vamos lutar pelas vitorias e quantas mais conseguirmos, melhor. Agora, número, não estabelecemos - comenta.

Quando ainda não tinha escapado do rebaixamento, o discurso sonhador era rechaçado. Agora, quando é inevitável falar sobre Libertadores, discrição também é o lema.