LANCE!
26/11/2015
08:00
Rio de Janeiro (RJ)

Fora dos planos do Botafogo nesta temporada, o volante Sidney, de 21 anos, que tem contrato com o clube até o fim deste ano, ainda não tem seu futuro definido. Recentemente, um clube que disputará a Série A do Campeonato Carioca do ano que vem, procurou a diretoria alvinegra para saber as condições para ter o jogador em 2016. A diretoria alvinegra não definiu se renovará ou não o contrato do meio-campista. Assim, liberou o clube interessado para conversar com o volante.

Além deste interesse, segundo apuração do LANCE!, dois clubes do interior de São Paulo procuraram o empresário de Sidney, demonstrando interesse em tê-lo para a disputa das competições da próxima temporada.

- Soube do interesse de algumas equipes em contar comigo no ano que vem. Mas tenho contrato com o Botafogo e aguardarei para ver quais os planos deles para mim. Este ano foi muito difícil para mim. Fui formado profissionalmente aqui dentro do clube, sou botafoguense, então, ficar treinando a parte, foi duro. No entanto, trabalhei sempre com a mesma dedicação e empenho. Agora, é ver o que será definido e seguir meu trabalho - disse Sidney.


Revelado nas divisões de base do Botafogo, Sidney foi promovido ao elenco profissional no início de 2014, participando do grupo que disputou a Copa Libertadores da América. Titular em alguns jogos do Campeonato Carioca e no Campeonato Brasileiro do ano passado, Sidney passou a treinar em um grupo fora dos planos da comissão técnica e da diretoria. Torcedores botafoguenses chegaram a criar uma campanha na internet pedindo a reintegração do jogador, fato que não sensibilizou o departamento de futebol.

Após a saída do técnico René Simões, em julho, chegou a fazer uma preparação física especial para ser reintegrado, a pedido do técnico interino Jair Ventura, com quem trabalhou no time de juniores. Porém, isso nem sequer aconteceu. Com a contratação de Ricardo Gomes, foi novamente afastado.

Sidney sempre teve papel de destaque nas divisões de base do Botafogo, sendo capitão do time nas categorias juvenil e juniores. Nos anos de 2012 e 2013, foi campeão do torneio Spax Cup, disputado na Alemanha. As boas atuações despertaram o interesse de duas equipes alemãs, que na época procuraram a antiga diretoria alvinegra na intenção de contratar o jogador, porém, não houve acordo e o jogador seguiu em General Severiano.