Ricardo Gomes

Ricardo Gomes vive a expectativa pelo título do Botafogo, que pode acontecer neste sábado (Foto: Cleber Mendes)

LANCE!
14/11/2015
08:52
Rio de Janeiro (RJ)

Entre os torcedores alvinegros existe uma divisão. Alguns querem comemorar bastante, já outros consideram apenas um obrigação. No entanto, uma coisa é certa: o Botafogo pode conquistar, neste sábado, o título de campeão brasileiro da Série B. Líder da competição com 68 pontos somados, o Glorioso recebe o Santa Cruz, às 17h30, no Nilton Santos, e precisa de uma vitória para colocar uma mão na taça. A festa, entretanto, depende de uma tropeço do vice-líder, América-MG, que enfrenta o Paraná, às 21h, no estádio Durival de Britto.

Para que tudo aconteça a favor do time alvinegro, a torcida promete lotar o Niltão e empurrar o Botafogo durante os 90 minutos. E logo após a partida, secar, e muito, o Coelho.

Questionado sobre essa situação o técnico Ricardo Gomes pregou a cautela e afirmou que não está preocupado com outro jogo que não seja o do time do Botafogo contra a equipe pernambucana.

– Nós passamos pelo primeiro objetivo. Isso vai ajudar a manter a tranquilidade. Não tem nenhum problema o horário do jogo do América-MG. Não quero saber do América-MG. América é dia 28. Agora é só o Santa Cruz – disse o treinador.

Ciente da expectativa de parte da torcida, Ricardo Gomes afirmou que o grupo sabe administrar a pressão pela conquista do título. Ele, porém, relevou que após o acesso a atmosfera no vestiário está mais serena.

– Sempre há pressão. Pressão por bons resultados. Conseguimos o acesso e agora temos de ter mais duas vitórias para chegar ao título. Para quem gosta de competição, é uma boa pressão. Clima está mais leve, em virtude da ansiedade que tínhamos nos últimos dois jogos. É diferente, uma abordagem diferente. A responsabilidade não diminuiu. Tem a pressão do título agora – frisou Ricardo Gomes.