Estádio Raulino de Oliveira antes de Fluminense x Botafogo (Foto: Igor Siqueira)

Estádio Raulino de Oliveira está longe de ser o palco preferido da diretoria do Glorioso (Foto: Igor Siqueira)

Felippe Rocha
07/06/2016
19:26
Rio de Janeiro (RJ)

O Botafogo perdeu a queda de braço. Não só a partida contra o Vitória, neste domingo, será no Estádio Raulino de Oliveira, como a partida seguinte, contra o América-MG, será em Volta Redonda. A confirmação da CBF saiu no início da noite desta terça-feira e, naturalmente, desagradou aos dirigentes alvinegros.

O Glorioso planejava, a princípio, fazer da partida contra o Rubro-Negro Baiano a estreia da Arena Botafogo, na Ilha do Governador. Não foi possível. Tentou viabilizar o estádio para a rodada seguinte e, em seguida, pediu a transferência da partida para o Mário Helênio, em Juiz de Fora (MG).

Neste caso, a CBF entendeu que seria configurada uma inversão de mando, já que o time visitante jogaria em seu mesmo estado e o mandante teria que sair. Agora, a expectativa em termos de mando de campo do Botafogo, é para estrear seu novo estádio contra o Figueirense, no dia 22 deste mês.