Joel Carli - Botafogo

Carli entrou no lugar de Renan Fonseca e não saiu mais da equipe (Foto: Roberto Filho/Eleven/Lancepress!)

Felippe Rocha
24/03/2016
08:00
Rio de Janeiro (RJ)

Primeiro contratado para atual temporada, Carli não foi o mais badalado. Aliás, nem foi o gringo mais festejado entre os que chegaram ao Botafogo. Mas a adaptação do zagueiro argentino não poderia estar melhor. Desbancou Renan Fonseca – antes cheio de moral – e forma a defesa que, ao lado do Flamengo, é a menos vazada da competição, com apenas quatro gols sofridos. Para coroar o bom trabalho que vem fazendo, falta apenas o primeiro gol pelo Glorioso.

- Sonho todos os dias com o gol, ainda mais em clássico. Mas tem os companheiros também. Se fizerem, ficarei feliz igualmente - garante Carli, anunciado em dezembro.

Apesar da função obviamente mais defensiva em campo do zagueiro, não será de todo estranho se ele balançar a rede de São Januário, neste domingo, contra o Vasco. Os gols da equipe alvinegra neste Campeonato Carioca estão distribuídos de pelo elenco. Ribamar, Gegê, Bruno Silva, Luis Henrique... mas até os reservas Lizio, Fernandes e Nuñez, e o próprio Renan Fonseca já deixaram suas marcas.

A chegada de Carli ao futebol brasileiro se deu já na reta final da carreira do zagueiro, que tem 29 anos. Fora de campo, ele ainda está se acostumando com a vida no Rio mas, nos gramados, o sucesso não depende de tempo algum mais. Ele já não sente diferença em marcar aqui ou na Argentina.

- Joga-se diferente nos dos países. O futebol argentino é mais de pressão, enquanto aqui tem mais espaço e os jogadores têm mais técnica, é mais difícil. Mas eu gosto também - sorri o zagueiro.

A vontade que o xerife alvinegro tem de consolidar a boa fase com sucesso também quando vai ao ataque é grande. Agora, só não é maior do que o adversário inevitável durante a maioria dos treinos e jogos.

- Gosto do Rio. Não sei se estou totalmente adaptado, mas estou totalmente cômodo. Durante os treinamentos, depois que passa dos 35 graus, é que dificulta - brinca o defensor argentino.

Sobram o sol e boas atuações neste início de Carli pelo Botafogo. Só falta mesmo o gol.