Montillo - Botafogo

O argentino voltará em 2018 ao Botafogo e desistirá da aposentadoria?  (Vítor Silva/SSPress/Botafogo)

Felippe Rocha e Rafael Bortoloti 
06/10/2017
06:00
Rio de Janeiro (RJ) 

Candidato da oposição à presidência do Botafogo, Marcelo Guimarães, assim como Carlos Eduardo Pereira, não descarta uma eventual volta do argentino Walter Montillo ao Alvinegro em 2018. Ele se mostrou solícito a conversar com o meia, mas não deixou o tom cauteloso de lado. 

Guimarães argumentou que a emocionante entrevista coletiva de despedida do gringo de 33 anos tem que ser levada em conta para um novo contato com o argentino. Mas, apesar disso, reconheceu que o desempenho do ex-camisa 7 do Botafogo deixou a desejar nesta temporada. 

- O Montillo comoveu a todos nós. Aquela despedida dele foi de uma grandeza enorme. Passou uma imagem espetacular. É uma pergunta difícil, que respondo com uma pergunta: Qual Montillo virá? Será aquele que passou aqui no Botafogo e por alguma razão não conseguiu mostrar o seu esplendor de futebol? Mas pela grandeza de seu ato podemos conversar - comentou Marcelo no lançamento da chapa "Futuro Alvinegro", na noite da última quinta-feira.

Após seguidas lesões, Walter Montillo optou por se aposentar no fim de junho. A sua passagem pelo Glorioso ficou marcada por apenas 18 jogos e só um gol, em um amistoso em janeiro. 

Vídeos e interações com fãs nas redes sociais mostram que, em 2018, ele pode voltar a atuar. Em entrevista recente ao Globoesporte.com, o jogador chegou a afirmar que, se realmente retornar, a prioridade será defender o Botafogo ou a Universidad de Chile, onde teve passagem de sucesso.