ABC x Botafogo

Botafogo bateu o ABC e se consagrou campeão da Série B (Foto: Francisco Stuckert/Lancepress!)

Roberto Assaf
20/11/2015
23:26
Brasília (DF)

O Botafogo não chegou a exibir um futebol de Mané Garrincha, mas honrou o nome do estádio de Brasília, no qual venceu o ABC por 2 a 1, nesta sexta-feira, para ganhar enfim o título do Brasileiro da Série B. O time fechou o sábado com o maior número de vitórias, 21, e de gols a favor, 60, a menor quantidade de derrotas, oito, e de bolas na sua rede, 30, e o melhor saldo, 30. Com 71 pontos na liderança, não pode mais ser alcançado. Para coroar a conquista, resta superar o América-MG, dia 20, no Nílton Santos, e - para o êxtase completo da galera - ver Maitê Proença como veio ao mundo. Promessa é para ser cumprida.

O Alvinegro carioca já começou em busca do gol, enquanto o potiguar se esforçava para evitá-lo, sem a preocupação de atacar. Aos oito minutos, Daniel Carvalho cobrou escanteio, Saulo pulou em falso, e Roger Carvalho concluiu de cabeça: 1 a 0. O ABC, que só não queria passar vexame, decidiu sair atrás do empate. Numa rara jogada de frente, aos 22, Pingo foi à linha de fundo e cruzou rasteiro para Erivélton bater de primeira à esquerda de Jéferson: 1 a 1.

O Botafogo não se abalou. Retomou o pique, foi para cima e marcou novamente aos 32, com William Aarão, deslocando Saulo, após receber bom passe de Neílton. O jogo já poderia ter sido decidido no minuto seguinte, mas o auxiliar Ciro Chaban Junqueira anotou impedimento equivocadamente, quando Neílton entrava livre na área. O time carioca retornou para a etapa derradeira com a posse da bola, mas com alguma dificuldade de ameaçar o adversário.

O tempo foi passando, enquanto Mané Garrincha, no céu, e Maitê - além de milhões - na terra, torcendo para que o apito final chegasse logo. Aos 36, Daniel Carvalho rolou para Fernandes, que não alcançou. Ricardo Gomes lançou Ronaldo, Élvis e Lulinha, sem muito sucesso. Sem problemas. Faz a festa, faz a festa Fogão. Tua Estrela Solitária te conduz. Foste herói em cada jogo. A taça está nas duas mãos.


FICHA TÉCNICA
:
ABC 1 X 2 BOTAFOGO

Data/hora/local: 20/11/2015, às 21h30, em Brasília (DF)
Árbitro: Rodrigo Batista Raposo (DF)
Auxiliares: José Reinaldo Nascimento Júnior (DF) e Ciro Chaban Junqueira (DF)
Renda e público: R$ 444.000,00 e 8.132 pagantes
Gols: Roger Carvalho, aos 8'/1°T (0-1); Erivelton, aos 23'/1°T (1-1); Willian Arão, aos 32'/1°T (1-2)
Cartões amarelos: Luizão, Rafael Miranda, Reginaldo, Romarinho e Adriano (ABC); Ronaldo e Daniel Carvalho (BOT)

ABC: Saulo, Reginaldo, Luizão, Adriano e Ednei; Fabio Bahia, Rafael Miranda, Erivelton (Romarinho, aos 12'/2°T) e Ronaldo Mendes (Chiclete, aos 19'/2°T); Bismark e Pingo (Rafael Silva, aos 21'/2°T). Técnico: Sérgio China.

BOTAFOGO: Jefferson, Luis Ricardo, Renan Fonseca, Roger Carvalho e Diego Giaretta; Rodrigo Lindoso, William Arão, Fernandes (Elvis, aos 39'/2°T) e Daniel Carvalho (Lulinha, aos 46'/2°T); Neilton e Navarro (Ronaldo, aos 25'/2°T). Técnico: Ricardo Gomes.