Vitória x Botafogo

Elenco unido e comemorando o gol de Rodrigo Pimpão no Barradão (Foto: Edson Ruiz/COOFIAV)

LANCE!
20/09/2016
08:00
Rio de Janeiro (RJ)

Sidão, no gol, e Rodrigo Pimpão, no ataque, decidiram o último jogo do Botafogo. Porém, o goleiro e o atacante substituem Jefferson e Neilton, respectivamente, e não são opções óbvias do time titular. Mas exatamente esses jogadores de quem pouco se espera, seja pela importância do titular ou pela fase pouco produtiva que vivem, estão correspondendo no Alvinegro. E antes de um jogo em que alguns titulares devem ser poupados, saber que o banco de reservas não decepciona dá confiança ao treinador e torcida.

– Nós estamos mostrando a força da equipe. Quem vem entrando, vem ajudando. É o poder de todos nós. O Sidão estava lá atrás fechando o gol e nós estamos aqui para ajudar da melhor maneira. E, principalmente fora de casa, estamos jogando bem todas as partidas – entende o atacante que finalmente desencantou e marcou seu primeiro gol no retorno ao Alvinegro.


Pimpão demorou 12 jogos até marcar o primeiro neste retorno ao Glorioso. Contudo, outras novidades vêm dando conta do recado. Victor Luis deu duas assistências no duelo contra o Cruzeiro, pelo Campeonato Brasileiro; Emerson está bem na lateral; Diogo Barbosa não compromete no meio-campo. Até Emerson Silva, antes quarta opção, está sólido na zaga titular alvinegra. 

– Nós sabemos que, contra o Cruzeiro, (tirar a vantagem após uma derrota de 5 a 2) será muito difícil, mas temos que jogar. Vamos com calma, pensar com calma, ver a situação de todos atletas e decidir com qual grupo jogaremos pela Copa do Brasil. Sabemos que as lesões voltaram, infelizmente, a assombrar General Severiano. E temos que minimizá-las de alguma maneira – pondera o técnico Jair Ventura.

Alguns jogadores, por motivos diversos, estão jogando menos. Mas o herói do último jogo dá a dica, principalmente para os atletas mais jovens, que estejam sempre preparados. Vai que a vez deles chega neste meio de semana?

– Tem que estar preparado, se dedicando diariamente. O Luis Henrique e o Vinícius Tanque vêm trabalhando forte e certamente vão ter oportunidades em breve – acredita o comandante botafoguense.