Copa do Brasil -  Coruripe x Botafogo (foto:Pei Fon/LANCE!Press)

Renan Fonseca, que não teve uma boa atuação, corre para conter o adversário (Foto: Pei Fon/LANCE!Press)

LANCE!
06/04/2016
00:33
Rio de Janeiro (RJ)

Em uma partida de baixo nível técnico e com um time alternativo, o Botafogo venceu o Coruripe, por 1 a 0,  pela Copa do Brasil, graças ao gol de Luis Henrique já no final da partida. Agora, tem vantagem para o jogo da volta, no dia 28 de abril. Fernandes foi outro destaque. Gott foi bem pelo time da casa, fazendo boas defesas.

> BOTAFOGO
Vinícius Britto (viníciusbritto@lancenet.com.br)


6,5
HELTON LEITE

Substituiu a altura o capitão Jefferson. Quando exigido, fez bela defesa em chute de João Paulo no primeiro tempo.

6,0
Luis Ricardo

Melhor opção ofensiva do time no jogo. Quase todos os lances em que subiu, ofereceu perigo. Atrás, não recompõe.

5,0
Renan Fonseca

Apesar de não ter comprometido, teve outra atuação insegura. Perdeu bola no alto que quase deu em gol.

5,5
Emerson Silva

Apesar da falta de ritmo de jogo, não comprometeu na defesa. Precisa melhorar a sua saída de jogo com a bola.

4,5
Jean

Partida muito ruim do lateral. Não esteve presente no ataque e sofreu com as investidas pelo seu lado. Ficou devendo.

5,0
Bruno Silva

Acostumado a jogar mais a frente no esquema com três volantes, não se encontrou como primeiro jogador do meio.

7,0
Fernandes

Deu bons passes e circulou em campo. Enfiou a bola que resultou no gol da vitória. Sobressai tecnicamente no time.

4,5
Lízio

Mais uma partida decepcionante do boliviano. Criou poucas jogadas de ataque e precisa se encontrar em campo.

5,5
Gervásio Nuñez

Muito participativo, sempre buscou jogo. Entretanto, errou a maioria dos lances. Parece meio pesado e falta rapidez.

4,5
Neilton

Errou praticamente todos os lances que tentou. Não repete as boas exibições da campanha do ano passado.

7,0
Luis Henrique

Isolado e preso na marcação durante grande parte do jogo. Mas, como todo bom centroavante, teve a chance e decidiu.

6,5
Diego

Fundamental na vitória, dando assistência para o gol de Luis Henrique. Além de protege melhor a defesa.

6,5
Ribamar

Mesmo entrando no segundo tempo, foi o mais lúcido do time. Fez bem o pivô e reteve a bola no setor ofensivo.

5,0
Leandrinho

Entrou nos 15 minutos finais e teve pouco tempo para fazer a diferença no placar do jogo. Pouco apareceu.

5,5
Ricardo Gomes
Poupando muitos jogadores, seu time não foi bem, mesmo com o gol no final. Elenco é pequeno e com poucas opções.

> CORURIPE
Vinícius Britto (viniciusbritto@lancenet.com.br)


7,0
Gott
Fez defesas importantes e garantiu o segundo jogo no Rio.

5,5
Renato
Atuação simples. Pouco foi ao ataque e marcou com precisão atrás.

6,5
Thiago Papel
Boa atuação do zagueiro. Ganhou a maioria dos lances.

6,0
Williames José

Apesar de mais inseguro que Papel, também foi bem.

4,5
Igor
Pelo seu lado saiu as melhores jogadas do Botafogo. Nulo na frente.

6,0
Mazinho
Correu muito e foi bem na marcação ao meia do adversário.

5,5
Jair
Cumpriu bem a função de preencher o meio e reforçar a marcação.

5,0
Candinho
Abaixo em relação aos jogadores da frente.

6,5
Thiago Lima
O camisa 10 esteve bem presente, criando chances de perigo.

6,5
João Paulo
Melhor opção na frente. Caiu pela esquerda e infernizou.

5,5
Júnior Chicão
Incomodou a defesa alvinegra e quase marcou de cabeça.

5,0
Ivan
Quase não foi notado em campo no segundo tempo.

-
Sadrak
Faltando cinco minutos para o final, nada pôde acrescentar ao time.

-
Robert
Entrou faltando um minuto.

5,5
Jaelson Marcelino

Seu time não teve medo de atacar o adversário e poderia ter tido melhor sorte no final.