Arena Botafogo - 29/10/16

Botafogo utilizou o estádio da Ilha do Governador durante o segundo semestre de 2016 (Foto: Vinícius Britto)

LANCE!
30/12/2016
16:00
Rio de Janeiro (RJ)

O imbróglio envolvendo o Botafogo e a Portuguesa-RJ em relação ao Estádio Luso-Brasileiro parece não ter fim. As estruturas que o Glorioso vem retirando, e que os donos da casa não reconhecem como relativas ao contrato, renderam novos desdobramentos após parar na polícia.

Depois de críticas públicas de dirigentes da Lusa, o Botafogo também se manifestou. Em nota oficial, a diretoria afirma deixar R$ 2 milhões de legado na Ilha do Governador.

Confira a nota na íntegra:

"O Botafogo de Futebol e Regatas vem por meio desta repudiar e lamentar o posicionamento da Associação Atlética Portuguesa - por meio das recentes declarações de seu Presidente à imprensa - referente à fase de desmontagem da Arena Botafogo.

Cabe ressaltar que o Botafogo FR cumpriu todas as suas obrigações celebradas em contrato. Em função da proximidade do término do acordo, o Clube está desmontando, como previsto, todas as instalações que foram por ele construídas em caráter provisório, de modo a restituir o Estádio nas mesmas condições em que recebeu.

O Botafogo FR esclarece que, dentre outras melhorias, deixa como legado à Associação Atlética Portuguesa a realização de obras de canalização de águas pluviais estimadas em mais de R$ 2 milhões, bem como a drenagem e irrigação do campo, antes inexistentes e agora incorporadas ao patrimônio do referido clube, além da reforma dos vestiários e da Sala de Imprensa."