Rodrigo Lindoso - Botafogo

Lindoso começou a carreira como armador, mas se tornou volante titular (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)

Felippe Rocha
26/10/2016
13:05
Rio de Janeiro (RJ)

Nem parece, mas faz um ano que Rodrigo Lindoso é titular do Botafogo. E como volante. Bem diferente da função de armador, na qual ele surgiu nas categorias de base, foi promessa e chegou até no Fluminense. Mas as coisas não aconteceram como desejado. Agora, no Botafogo, aos 27 anos, ele comemora o bom momento: a estabilidade no Glorioso.

- A maioria dos jogadores vem de família humilde. Eu me dediquei, meus pais me deram apoio e tudo eu faço por eles. Eu era uma promessa, tinha expectativa pela base do Madureira. Não me firmei no Fluminense, fiquei quase um ano sem jogar e, ali, começaram a me perguntar se vai ou não vai acontecer. E o Botafogo é a volta por cima - sorri.

Titular tanto com Ricardo Gomes quanto com Jair Ventura, o meio-campista quer continuar colaborando. O objetivo é manter a boa fase e garantir o Botafogo na próxima Taça Libertadores.

- É o melhor momento. Costumo dizer que o difícil não é chegar, é manter. No treino eu fui o último a sair, mas estávamos debatendo sobre o treinamento - valoriza Lindoso.