Poderosos promovem futebol chinês

Jorge Mendes e Guo Guagchang fecham parceria na China - Foto de divulgação

O Negócio é Esporte
20/01/2016
14:57
Rio de Janeiro

O representante de futebol português Jorge Mendes e o bilionário chinês Guo Guangchang, 11º homem mais rico da China segundo a Forbes, fecharam parceria para impulsionar a expansão do futebol no país asiático. Mendes é fundador da empresa de gestão de carreiras de profissionais esportivos Gestifute e representante de estrelas como Cristiano Ronaldo, James Rodríguez, Ángel di María, Diego Costa, além do técnico José Mourinho. Já Guangchang é presidente e maior acionista do Grupo Fusun, um dos principais conglomerados da China que, entre outras empresas, é responsável pela Foyo Culture e Entertainment, envolvida na parceria com Mendes. Juntos, eles pretendem usar suas empresas para potencializar o futebol chinês tanto a nível esportivo como comercial. Para isso, aproveitam a iniciativa do presidente chinês Xi Jinping, grande fã do esporte, de abrir 50 mil escolas de futebol até 2025. Hoje, o país já é reconhecido por suas contratações milionárias, inclusive envolvendo muitos atletas brasileiros, como Ricardo Goulart (R$ 65,8 milhões aos cofres do Guangzhou Evergrande) e, mais recentemente, Renato Augusto (R$ 35,1 milhões ao Beijing Guoan). O objetivo atual é elevar o país ao status de grande potência do futebol. Mendes e Guangchang esperam pegar carona nesse plano e ajudar o país asiático no feito.

* Acompanhe notícias sobre marketing esportivo, em O Negócio é Esporte. No rádio, na web e no Diário Lance!