icons.title signature.placeholder LANCE!Bizz
icons.title signature.placeholder LANCE!Bizz
06/07/2013
14:27

Dorna Sports, organizadora do campeonato de MotoGP, confirmou que o autódromo de Termas de Rio Hondo, na Argentina, sediará uma rodada da série 2014 da categoria. O acordo vinha sendo discutido há pelo menos um ano, e foi selado durante uma sessão de testes no novo circuito, no início do mês.

O ministro do Turismo da Argentina, Enrique Meyer, reuniu-se com o diretor de eventos da Dorna, Javier Alonso, para assinar o contrato, válido por três anos. Segundo Meyer, o retorno da competição à Argentina estimulará o turismo na região. A corrida contará com todas as três classes Grand Prix, e será a primeira prova de MotoGP no país vizinho desde 1999.

- É uma grande honra receber este campeonato na Argentina, além de outros eventos esportivos que acontecem em nosso país, como o Rally Dakar. Esperamos que o público argentino possa desfrutar da primeira classe do motociclismo, que não ocorre em nosso país desde 1999. Faremos o nosso melhor para manter a MotoGP aqui por um longo tempo - prometeu o ministro.

A corrida da cidade de Termas de Rio Hondo, localizada a cerca de 1.100 quilômetros a noroeste de Buenos Aires, ainda não tem uma data fixada para ocorrer.

Dorna Sports, organizadora do campeonato de MotoGP, confirmou que o autódromo de Termas de Rio Hondo, na Argentina, sediará uma rodada da série 2014 da categoria. O acordo vinha sendo discutido há pelo menos um ano, e foi selado durante uma sessão de testes no novo circuito, no início do mês.

O ministro do Turismo da Argentina, Enrique Meyer, reuniu-se com o diretor de eventos da Dorna, Javier Alonso, para assinar o contrato, válido por três anos. Segundo Meyer, o retorno da competição à Argentina estimulará o turismo na região. A corrida contará com todas as três classes Grand Prix, e será a primeira prova de MotoGP no país vizinho desde 1999.

- É uma grande honra receber este campeonato na Argentina, além de outros eventos esportivos que acontecem em nosso país, como o Rally Dakar. Esperamos que o público argentino possa desfrutar da primeira classe do motociclismo, que não ocorre em nosso país desde 1999. Faremos o nosso melhor para manter a MotoGP aqui por um longo tempo - prometeu o ministro.

A corrida da cidade de Termas de Rio Hondo, localizada a cerca de 1.100 quilômetros a noroeste de Buenos Aires, ainda não tem uma data fixada para ocorrer.