Enderson Moreira

Felipe Oliveira/Divulgação/Bahia

LANCE!
19/06/2018
18:29
Futebol Latino

Após muita expectativa, o Bahia enfim apresentou o técnico Ederson Moreira, no CT Fazendão. No primeiro contato com a imprensa, o comandante expressou a felicidade pelo acerto e o motivo de ter trocado o trabalho sólido no América-MG pelo Esquadrão de Aço.

Acertado com o Tricolor até o fim do ano, o treinador explicou que pela primeira vez quebrou um contrato e via seu ciclo chegando ao fim no Coelho.

“Foi a primeira vez que tomei uma atitude dessas, de interromper um trabalho. Foram duas coisas. Acho que o ciclo com o América-MG estava perto do fim, dois anos no clube. Temos hoje no futebol uma parada pouco provável, um recomeço. Todos têm mais tempo do que em uma transição normal de fim para início de ano. Todos têm tempo para treinar. No início da temporada tivemos dez dias de preparação para estrear no Mineiro. Foi justo essa interrupção. O Bahia fez essa escolha pelo Enderson, e eu também escolhi, visualizei aqui uma boa oportunidade de desenvolver um bom trabalho”, afirmou.

Questionado sobre o elenco do Bahia, Enderson revelou que enxerga grande potencial na equipe e garante atenção a Copa do Nordeste.

“Vi a equipe jogando algumas vezes, claro que não com a mesma atenção que terei agora. Vi grande potencial na equipe para essa segunda etapa do ano, para terminar de forma positiva. Importante a gente focar as atenções nessa  Copa do Nordeste, apesar do pouco tempo. O Cláudio Prattes está aqui, tive uma parceria com ele no América-MG. Essa transição vai ser tranquila, pretendo mudar algumas coisas, mas sem mudar radicalmente a forma de jogar. Tenho essa concordância em temos de ideia de jogo”.

A estreia de Enderson Moreira será nesta quinta-feira, diante do Ceará, no Castelão pela Copa do Nordeste. O duelo da volta na semi acontece em Salvador, na semana que vem.