Robson marcou dois gols no triunfo sobre o Colo Colo (Foto: Divulgação / Site Oficial do Bahia)

Zagueiro foi o autor de dois gols na partida do último domingo (Foto: Reprodução/Instagram)

RADAR/LANCE!
22/02/2016
20:12
Salvador (BA)


 O zagueiro Robson, começou o ano como titular da posição ao lado de Gustavo. Mas o técnico Doriva não estava satisfeito com a saída de bola e tirou Robson do time, dando a vaga para Éder. Com a lesão de seu substituto, o zagueiro voltou ao time principal e foi o destaque do jogo do último domingo contra o Colo Colo marcando dois gols na partida. O jogador ficou satisfeito com a sua apresentação e espera ter colocado uma pulga atrás da orelha do técnico Doriva.

- O treinador deixou bem claro que no time não tem cadeira cativa. Venho treinando, conquistando meu espaço. Quero deixar uma pulga atrás da orelha dele. Vamos tentar dar sequência.


  Robson também comentou sobre a arbitragem e explicou toda euforia no momento da comemoração do gol que deu a vitória para o Bahia na partida do último domingo.

- Chorei mais de emoção, colocar para fora. Depois de um pênalti daquele, que eu tenho certeza que não foi, foi um equívoco do árbitro. Foi mais um desabafo, a alegria de dar os três pontos para o Bahia. Foi no finalzinho, na raça. O árbitro cometeu um equívoco, porque ali não foi pênalti - completou

 O Bahia somou nove pontos em três partidas disputadas pelo Campeonato Baiano. O próximo compromisso do tricolor baiano será na quinta-feira, às 21h45, na Arena Fonte Nova, para enfrentar o Confiança. Em jogo válido pela Copa do Nordeste.