William, capitão do Leão da Ilha, fala sobre retorno à Ressacada  (Foto: André Palma/Avaí FC)

William, capitão do Leão da Ilha, fala sobre retorno à Ressacada (Foto: André Palma/Avaí FC)

RADAR/LANCE!
24/02/2016
14:59
Florianópolis (SC)

Um dos jogos mais esperados da sétima rodada do Campeonato Catarinense é o clássico Avaí e Figueirense. Em momentos diferentes na tabela de classificação, o Leão da Ilha tenta buscar uma melhor posição e se aproximar dos três primeiros colocados, enquanto o Alvinegro passa por momentos de instabilidade, com a oitava colocação, uma acima da zona de rebaixamento.
Para a partida que acontece nesta quinta-feira, às 21h30, o capitão avaiano, William, destaca a importância de voltar a jogar na Ressacada.

- Jogamos fora de casa o campeonato todo. Quando você volta pra casa, você tem a torcida por perto, você já conhece os atalhos dentro de campo. A grama está mais forte, mais verde, sei que vai estar tudo pronto para um grande espetáculo - afirmou o jogador.

A Arena ficou sem receber jogos por 89 dias, por conta de uma reforma no gramado. A equipe de Raul Cabral ainda realiza atividades nesta quarta, na própria Ressacada, para concluir a última série de treinamentos visando a preparação para o clássico.

Outro ingrediente para o clássico será a estreia de Vinícius Eutrópio à frente do Figueirense. O treinador, demitido pela Ponte Preta, terá a missão de recuperar a equipe de Florianópolis.

- Acho que o mais importante agora é recuperar a confiança dos jogadores pois na minha visão este é um fator fundamental para se conquistar vitórias no futebol e acredito que a partir do jogo de amanhã procurarei contribuir ao máximo para que a equipe consiga dar uma resposta e conquistar um bom resultado - disse Eutrópio.

Nas últimas 40 vezes que as equipes se encontraram na Ressacada, pela competição estadual, o Figueirense venceu 13 jogos e empatou 14.