Claudinei Oliveira

Claudinei Oliveira comenta atuação de jogadores da base (Foto: Jamira Furlani / Avaí FC)

LANCE!
18/03/2018
17:32
Florianópolis (SC)

O Avaí já embolsou até agora R$ 4,3 milhões na Copa do Brasil. O bônus financeiro vem junto com as boas atuações de jogadores da base. O Leão da Ilha apostou em atletas mais novos para essa temporada e tem colhido bons frutos.

Vale lembrar que todos os oito gols marcados na competição nacional saíram de atletas formados nas categorias de base do Avaí. Romulo com 22 anos, Lourenço de 20, e Luanzinho com 17, tem feito a diferença no time azurra. 

O técnico Claudinei Oliveira falou sobre a responsabilidade dos garotos e as boas atuações na Copa do Brasil. O treinador do Leão da Ilha vê o clube no rumo certo para virar referência na base.

- Aqui é uma coisa só, não tem Avaí sub-15, sub-20 e profissional, é tudo Avaí. Com 17 anos, ele sabe que pode jogar no profissional, como foi o Luanzinho. Com 19, tem o Guga jogando. Queremos que o menino tenha essa esperança, visualize esse horizonte de jogar no profissional, pode ter certeza que em breve todos que tiverem um bom atleta na região Sul do país, vai trazer para o Avaí, que é o acontece no Santos. O menino é bom, leva no Santos que lá ele joga, e daqui a pouco será o Avaí. Vai começar a ter muitos atletas de grandes qualidade querendo jogar aqui - afirmou Claudinei Oliveira.

Atualmente, o Avaí tem em seu elenco 18 jogadores formados na Base. Guga Romulo e Luanzinho, se firmaram no time titular, outros como Lourenço e Getúlio foram prejudicados por lesões. 

- Temos o Getúlio que pode resolver, Lourenço que resolveu contra o Fluminense, o Vitor pode entrar e fazer gols, temos uma gama de atletas jovens que estão nos dando um retorno bem positivo, questão da experiência é importante também e temos o Betão, Moritz, Marquinhos, Alemão, Aranha - disse o comandante. 

Até agora, Luanzinho marcou duas vezes, Romulo fez três gols, enquanto Lourenço, Marquinhos e Moritz balançaram as redes uma vez na Copa do Brasil. Vale lembrar que Marquinhos e Moritz também foram formados na base do Avaí.