Técnico Raul Cabral ainda não sabe com que time começar jogo decisivo com São Paulo (Foto: Divulgação)

Técnico Raul Cabral ainda não sabe com que time começar jogo decisivo com a Ponte Preta (Foto: Divulgação)

RADAR/LANCE!
28/11/2015
00:20
Florianópolis (SC)

Dois meias? Dois centroavantes? Para começar ou para mudar o time durante a partida? O sono do técnico Raul Cabral, pelo jeito, vai ser agitado por essas dúvidas. A semana de treinamentos do Avaí, visando à decisão contra a Ponte Preta, terminou com um trabalho de bola parada e posicionamento defensivo, nesta sexta-feira (27). E, segundo o próprio treinador, não foi o suficiente para definir quais serão os 11 jogadores a começar o jogo deste sábado, na Ressacada.

O técnico ainda não definiu quem joga na frente, se André Lima - artilheiro do time no Brasileiro - ou Léo Gamalho, que foi poupado da última atividade do elenco. No meio, pode optar por um terceiro volante, Rudinei, ou por outro meia ofensivo, no caso Camacho. Em último caso, Cabral poderia até mesmo recuar Anderson Lopes para o meio e atuar com dois centroavantes: André Lima e Léo Gamalho juntos. As dúvidas são muitas, enfim. As pistas é que são poucas.

- Tá pronto o time. Praticamente pronto. Tenho uma dúvida em relação à questão de meio e ataque. Uma dúvida na formatação do meio de campo e ataque. Mas já foram trabalhadas as duas situações, caso a gente precise alterar durante o jogo. Esse jogo demanda uma atenção especial aos detalhes e precisamos de todo grupo preparado para a batalha que vai ser amanhã (28). A gente sabe que o jogo não é feito só dos 45 minutos iniciais - declarou o técnico do Leão.


Voltando de suspensão, o lateral Romário recupera sua vaga na esquerda, no lugar de Eltinho. Mesmo caso do volante Eduardo Neto, que retorna em substituição a Renan. Com isso, o time que enfrenta a Ponte deve ter Vagner; Nino Paraíba, Antônio Carlos, Emerson e Romário; Claudinei, Eduardo Neto, Camacho (Rudinei) e Renan Oliveira; Anderson Lopes e André Lima (Léo Gamalho).

O jogo deste sábado (28), às 21h, na Ressacada pode selar o rebaixamento do Leão para a Série B do ano que vem. Caso saia derrotado e Figueirense e Coritiba vençam, o Avaí passa a não ter chances de deixar a zona de rebaixamento. Por outro lado, uma vitória em casa, somada a tropeços de Figueira ou Coxa, coloca o Leão fora da Z4.