Silas em coletiva  (Foto: Alceu Atherino / AVAÍ F.C.)

Silas em coletiva (Foto: Alceu Atherino / AVAÍ F.C.)

RADAR/LANCE!
11/04/2016
14:22
Florianópolis (SC)

Depois de chegar a oitava derrota consecutiva no returno do Campeonato Catarinense, o Avaí amarga sua crise na última colocação da competição. Apesar da sequência sem vitórias, o técnico Silas analisa o revés de 1 a 0, deste domingo, diante do Figueirense, de forma positiva. Para ele, mesmo jogando fora de casa, sua equipe foi capaz de brigar de igual para igual com o Figueira,

- Eu falei para os jogadores que eles precisam ter esperança depois de um jogo desses. O torcedor aplaudiu, viu que não jogamos mal. Isso que importa, buscar a confiança de volta, ter esperança. Jogamos contra um time que está em um momento mental melhor que a gente, tem mais tranquilidade, mais pontos. Dentro de campo foram dois times brigando e eu fiquei feliz com o que o time produziu - analisou treinador.

O próximo confronto do Leão da Ilha será no próximo domingo, às 16h, contra o Guarani de Palhoça, na Ressacada. Para esta partida, o treinador espera contar com a presença massiva do torcedor azzura.

- Agora precisamos do torcedor e o avaiano sempre compareceu. Não vai nos deixar agora, precisaremos dele e demos muita risadas juntos. Agora no momento mais delicado é hora de estar junto - reforçou o treinador.

No Catarinense, o Avaí ainda não somou e está na última posição. A equipe de Florianópolis, inclusive, corre risco de rebaixamento. Já o Guarani ocupa a sexta colocação, com dez pontos.