Sérgio Sette Câmara

Divulgação

RADAR
11/12/2017
18:13
Belo Horizonte (MG)

O advogado Sérgio Sette Câmara é o novo presidente do Atlético-MG. Em eleição realizada nesta segunda-feira, o candidato da situação recebeu 266 votos, derrotando Fabiano Ferreira, que recebeu apenas 41 indicações. Foram quatro votos em branco e um nulo.

A eleição teve clima de tranquilidade. No total, 398 conselheiros tinham direito a voto. Ou seja: 84 não estiveram na sede do clube, no bairro de Lourdes. O pleito ocorreu entre 9h e 17h.

O mandato de Sérgio se encerra no final de 2020. Lásaro Cândido da Cunha, ex-diretor jurídico, é o vice-presidente da gestão.

Após a vitória, o novo presidente confirmou a manutenção de Oswaldo de Oliveira como técnico, além de Alexandre Gallo como diretor de futebol e Paulo Paixão como preparador físico.

O ex-presidente do Atlético-MG e prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, compareceu às urnas e elogiou os dirigentes do clube. 

- O grupo que está comandando o Atlético deve continuar porque deu uma grande virada na vida do clube. A renovação é sempre boa. A troca de comando é legal. É outra cabeça, mas é a mesma mentalidade e filosofia, de ganhar, de manter o Atlético do tamanho que ele é. O ex-presidente (Daniel Nepomuceno) é um grande homem, que sai com dever cumprido. Vai entrar um grande atleticano, com mais de 20 anos de atuação no meu grupo no Atlético - comentou Kalil. 

Outro ex-presidente que marcou presença na eleição foi Ricardo Guimarães. Herdeiro de uma das maiores instituições financeiras do Brasil, Guimarães é um dos maiores parceiros do Atlético-MG há anos.

- Espero, não é segredo, que Sérgio possa continuar o trabalho que vem sendo feito há alguns anos. E, obviamente, tem que haver evolução, tem que fazer algumas mudanças, o Atlético precisa apresentar cara um pouco diferente em 2018. E eu acho que vai ser feito. Problema financeiro é sempre o que acontece com todos os clubes, não é um privilégio do Atlético ter essa dificuldade. Tem que ser mais criativo e caminhar com as pernas próprias. Mas estou otimista.